29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Bolsonaro incentiva violência política contra Lula no Brasil

Bolsonaro, violencia, política, Lula

Bolsonaro incentiva violência política contra Lula no Brasil

Brasília, 17 mai (Prensa Latina) O líder de extrema-direita Jair Bolsonaro voltou a incentivar a violência política contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o supera hoje em todas as pesquisas para as próximas eleições no Brasil.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A versão digital do jornal O Tempo, de Minas Gerais (sudeste), avisa que Bolsonaro fez discurso exaltado na cerimônia do Salão da APAS, da Associação de Supermercados de São Paulo, e atacou Lula, seu adversário na corrida pelo poder.

Segundo a fonte, o ex-militar criticava as investigações da Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado, citando o caso de suposta corrupção do governo na compra da vacina indiana Covaxin, quando fez os comentários contra o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Agora o mundo inteiro está reunido com os nove (uma referência a Lula) para organizar a campanha dos caras. A vantagem que vemos nisso tudo: o que não é bom é a união”, disse o ex-capitão do Exército.

Ele fez alusão a “assim como Paulo Guedes (seu ministro da Economia), em 2018, quando reuniu aquele grupo de candidatos, e eu disse: é bom que um único tiro mate todo mundo ou uma única granada mate todo mundo”.

O Tempo indica que o discurso foi transmitido pela TV Brasil, interrompendo a programação infantil de um canal de comunicação, de alcance nacional, em televisão aberta.

Na sequência, Bolsonaro fez novo ataque indireto aos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ao insinuar que eles apoiam a candidatura do líder petista.

“Agora estão todos unidos, mas atraem mais gente, mais responsáveis pelo processo eleitoral, que batem na mesa: ‘isso mesmo, o candidato que duvidar, vou caçar o cartório e vou para detê-lo,’ O que é isso? Que tipo de democracia é essa?”

Não é a primeira vez que Bolsonaro instiga a violência política em ano eleitoral contra seus adversários.

Em setembro de 2018, em meio a uma cruzada proselitista, o ex-paraquedista simulou uma metralhadora com o tripé de uma câmera de vídeo e disse: “Vamos atirar aqui no Acre (estado do noroeste), vamos chutar esses canalhas do Acre.”

Sobre ameaças e ataques, organizações da sociedade civil brasileira entregaram uma carta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin, em repúdio aos ataques de Bolsonaro contra o sistema eletivo.

Assinado pela Coalizão de Defesa do Sistema Eleitoral, o documento pede a Fachin que investigue, se necessário, o uso de ferramentas de espionagem pelo atual governo para “interferir na regularidade do processo eleitoral”.

mem/ocs/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.