29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Vozes de todas as Américas para outra cúpula em Los Angeles

vozes-de-todas-as-americas-para-outra-cupula-em-los-angeles

Vozes de todas as Américas para outra cúpula em Los Angeles

Havana, 16 de maio (Prensa Latina) Vozes de todas as Américas serão ouvidas na Cúpula dos Povos pela Democracia que acontecerá paralelamente à outra, seletiva e exclusiva, marcada para junho em Los Angeles, Califórnia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Como a Cúpula das Américas de (Joe) Biden é marcada pela exclusão e pela imposição de uma agenda política, nossa Cúpula reunirá diversas vozes de todas as Américas”, disse Manolo de los Santos, diretor do Fórum do Povo em declarações à Prensa Latina.

O ativista confirmou que vários movimentos políticos e sociais da América Latina e uma ampla participação de diferentes setores nos Estados Unidos se reunirão naquela cidade de 8 a 10 de junho.

“Temos uma coalizão de mais de 150 organizações nos Estados Unidos e em Los Angeles que apoiarão e se mobilizarão para esta cúpula popular”, acrescentou.

Ele comentou que o evento inclui um programa de painéis de discussão com a presença, entre outros, do Dr. Cornel West, um conhecido filósofo afro-americano, ator e ativista de direitos humanos, e o líder da independência porto-riquenha Óscar López Rivera.

Os painéis girarão em torno de temas como Democracia para Quem?: As Consequências das Intervenções dos Estados Unidos nas Américas; Solidariedade além-fronteiras e Saúde como direito humano em todo o mundo.

Além disso, discutirão a violência de gênero e a luta pela libertação; Soberania alimentar, justiça climática e o futuro do nosso planeta; O papel da resistência cultural nos movimentos sociais; Economia Popular: Resistir à Dívida, Sanções e Roubo de Recursos e Justiça do Trabalho.

Da mesma forma, um dos painéis falará sobre a luta contra a supremacia branca, a violência do Estado e a militarização.

Queremos, disse De Los Santos, criar nossa visão compartilhada de democracia e uma vida digna para nosso povo.

A Cúpula dos Povos pela Democracia será o inverso da Cúpula das Américas, a primeira um espaço participativo que tentará abordar os principais problemas da região, disse.

Enquanto a de Biden, explicou, será marcada pela seletividade e sem uma agenda que realmente atenda às necessidades de nossos povos.

Prevista para os dias 6 e 10 de junho, o país anfitrião garante que ainda não estendeu os convites para a Cúpula das Américas, mas altos funcionários do governo democrata anteciparam que Cuba, Nicarágua e Venezuela ficarão de fora dessa Lista.

A eventual possibilidade de uma nomeação sem a participação de todas as nações desta parte do mundo provocou inúmeras reações México e Bolívia condicionam sua assistência a que esta seja uma cúpula sem exclusões.

Honduras e o grupo de países que integram a Comunidade do Caribe (Caricom) também manifestaram sua rejeição ao fato de a reunião de Los Angeles estar incompleta.

Como expressou o chanceler cubano, Bruno Rodríguez, em abril passado, a IX Cúpula das Américas ainda pode ser uma oportunidade se, de forma inclusiva e em igualdade de condições para todos os países, debater, sem exclusões e com sincero compromisso, os problemas mais prementes que afetam o continente.

mem/dfm/glmv

ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.