28 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba enfrenta déficit de medicamentos devido ao bloqueio dos EUA

Cuba enfrenta déficit de medicamentos devido ao bloqueio dos EUA

Havana, 13 de maio (Prensa Latina) Fornecedores de insumos e medicamentos internacionais estão suspendendo negócios com Cuba devido ao bloqueio dos Estados Unidos, denunciou hoje uma fonte oficial aqui.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Na ilha, faltam 143 medicamentos dos 627 que compõem o sistema básico de saúde, e 94% deles não foram fabricados por falta de materiais para desenvolvê-los, disse Eduardo Martínez, presidente do Grupo Empresarial BioCubaFarma.

O gerente explicou na comissão parlamentar de Saúde e Esportes que a indústria biofarmacêutica cubana tem tido problemas para arrecadar receitas de suas exportações ou pagar seus fornecedores devido à recusa dos bancos em realizar transações com Havana.

Ele mostrou indícios de empresas que interrompem o abastecimento com a ilha sob o risco de serem multadas pelo Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros dos Estados Unidos (Ofac), que penaliza quem vende mercadorias para Havana que tenham mais de 10% de componentes da América do Norte de origem.

Acrescentou que as companhias aéreas e de navegação também se recusaram a transportar suprimentos e medicamentos para Cuba por medo de serem penalizadas pelo governo dos Estados Unidos.

As leis Helms-Burton e Torricelli e a inclusão de Cuba na lista de supostos Estados patrocinadores do terrorismo estabelecem sanções financeiras às entidades bancárias que realizam transações com Cuba e impedem que empresas cubanas acessem mercados e fornecedores na região.

A Ofac também preparou uma lista de cerca de 200 empresas cubanas sancionadas, cujos impactos práticos repercutem em terceiros países.

Martínez destacou que para mitigar o impacto dessa situação, a BioCubaFarma está implementando um plano de ação para diversificar o portfólio de fornecedores e itens exportáveis.

Ele destacou que, apesar das tensões, no período a indústria garantiu a produção de 3,5 bilhões de unidades de produtos, incluindo vacinas produzidas nacionalmente contra a Covid-19.

O 59% dos medicamentos usados ​​em Cuba são produzidos pela indústria nacional, que demanda anualmente entre 150 e 180 milhões de dólares para realizar esta atividade.

As 11 comissões de trabalho reúnem-se esta sexta-feira como precedente para a quinta sessão extraordinária da IX legislatura da Assembleia Nacional do Poder Popular, marcada para este sábado para segunda-feira.

ode/jfs/glmv

ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.