19 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Empresas sancionadas por Moscou excluídas do fornecimento de gás

Empresas sancionadas por Moscou excluídas do fornecimento de gás

Moscou, 12 mai (Prensa Latina) O porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov disse hoje que as empresas estrangeiras de energia sancionadas pelo governo russo não poderão participar do processo de fornecimento de gás da nação eurasiática.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O alto funcionário destacou que as restrições contra as 31 organizações da lista divulgada na véspera constituem sanções de bloqueio.

“Não haverá relações com estas empresas, elas são simplesmente proibidas”, disse ele. Peskov assegurou que “essas empresas não podem mais participar do processo” de fornecimento de gás da Rússia, informou a agência de notícias TASS.

O governo russo disse na quarta-feira que entidades legais da Alemanha, França e outros países europeus, assim como Cingapura e Estados Unidos, antigas subsidiárias europeias da Gazprom, comerciantes e operadores de instalações de armazenamento subterrâneo de gás estão incluídos na lista.

De acordo com o documento aprovado, que entrou em vigor ontem, Moscou proibirá uma série de transações com as empresas listadas, incluindo transações concluídas em favor dessas entidades ou envolvendo pagamentos, a partir de sua publicação no portal legal.

Também suspenderá as transações de títulos que envolvam ou favoreçam essas empresas ou que envolvam a entrada em portos russos de navios pertencentes ou afretados pelas entidades listadas, no interesse delas ou a seu pedido.

O Ministério das Finanças russo será responsável por apresentar propostas ao governo sobre a introdução de emendas à lista, bem como sobre a concessão de autorizações temporárias para certas operações com organizações sancionadas.

A lista de empresas proibidas pela Rússia inclui a Gazprom Germania GmbH, Gazprom Schweiz AG, Gazprom Marketing & Trading USA Inc, Vemex, Wingas e EuRoPol GAZ.

Em 31 de março, o grupo russo Gazprom terminou sua participação em suas subsidiárias Gazprom Germania GmbH e todos os ativos que possui, incluindo a Gazprom Marketing & Trading Ltd, que comercializava gás natural nos mercados à vista do Reino Unido e vendia gás natural liquefeito no sudeste asiático.

Através de sua subsidiária Gazprom Schweiz AG, comercializou gás natural na Ásia Central e em países da ex-União Soviética, bem como na Áustria, Itália e Sérvia. Além disso, comercializava e vendia gás natural na Alemanha principalmente através da Wingas.

A Gazprom Germania também operou várias instalações de armazenamento de gás natural na Alemanha, notadamente em Jemgum e Rehden, em cooperação com a Wingas. Também desenvolveu projetos na Sérvia, na Áustria e na República Tcheca.

A EuRoPol GAZ é uma joint venture entre a Gazprom da Rússia e a PGNiG da Polônia, proprietária da seção Yamal-Europa do gasoduto que atravessa a Polônia.

Nos últimos dois meses, as autoridades nacionais aprovaram um conjunto de medidas econômicas e financeiras para lidar com as mais de 6.800 medidas estrangeiras aplicadas contra o país, principalmente após o início da operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro.

mem/mml/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.