26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Frutas, alimentação saudável e agricultura familiar

Frutas, alimentação saudável e agricultura familiar

Cidade do Panamá, 3 mai (Prensa Latina) Como o Dia da Fruta é comemorado na América Central e na República Dominicana, neste 3 de maio, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) lembra que é necessário conscientizar sobre a importância desse item para a melhor nutrição.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Por Raixa Llauger

Oficial de Agricultura da FAO –Meso-América

Esse tipo de consumo, como parte de uma alimentação saudável, também promove um ambiente melhor e uma vida melhor e contribui para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) até 2030.

A este respeito, a FAO chama a atenção para três eixos cardeais: primeiro, a redução do fosso entre os alimentos produzidos e os que não são utilizados devido a perdas ou desperdícios.

Na região, esse interesse faz parte de vários compromissos estabelecidos pelos países, reconhecendo que as frutas são produtos altamente perecíveis, e que sua perda ocorre em cada etapa da cadeia de valor, começando nas áreas agrícolas.

Fazer progressos significativos nesta questão é urgente, dadas as estimativas de que o mundo precisará produzir aproximadamente 50% a mais de alimentos até 2050 para atender à demanda da população global.

ORGANIZAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA E COMERCIALIZAÇÃO

A proposta é que, para alcançar a redução das perdas de frutas nos países de baixa renda, as políticas sejam voltadas ao fortalecimento das capacidades das organizações de produtores, bem como ao longo do desenvolvimento da cadeia, que inclui o armazenamento e o frio, entre outros fatores.

Para países de alta renda, sugere-se trabalhar em padrões de marketing para reduzir o desperdício no varejo e no atacado.

Em segundo lugar, é fundamental facilitar o acesso da população a uma alimentação saudável que inclua frutas, conforme ratificado em setembro de 2021, quando foram lançadas novas ações para transformar os sistemas alimentares, ou seja, a forma como produzimos e comemos os alimentos.

Uma melhor nutrição, e principalmente o consumo de frutas, contribui para uma vida melhor, pois esses alimentos possuem propriedades antioxidantes.

As frutas apoiam as funções corporais e o bem-estar físico, mental e social de todas as pessoas, além de ajudar a prevenir todas as formas de desnutrição e reduzir o risco de doenças crônicas não transmissíveis. Segundo os dados da OMS , em 2017 quase quatro milhões de mortes em todo o mundo foram atribuídas à falta de consumo de frutas e vegetais em quantidade suficiente.

Desde o início da crise da Covid-19, a saúde mental também se tornou foco de atenção à saúde. O consumo adequado de frutas ajuda a reduzir o risco de depressão e ansiedade, além de ajudar a diminuir a gravidade de outras doenças infecciosas.

APOIE A AGRICULTURA FAMILIAR

E por fim, é prioritário para a FAO apoiar a agricultura familiar para uma melhor produção, o que inclui a comercialização de frutas e hortaliças.

Neste 3 de maio, devemos lembrar que, segundo dados da FAO, em 2018 o mundo produziu um total de 868 milhões de toneladas de frutas: 39,4 toneladas na América Central, mais de 9 milhões no Caribe e 87,3 milhões na América do Sul, e estima-se que grande parte seja cultivada graças à familiar.

No mundo, mais de 50% das frutas e hortaliças são cultivadas em fazendas de menos de 20 hectares, em sua maioria de propriedade de famílias.

Por isso, é crucial considerar o setor de frutas e hortaliças de forma holística, como parte integrante do sistema alimentar, e levar em conta seus benefícios nutricionais, sociais, econômicos e ambientais.

arb/rll/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.