24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba convoca à solidariedade global diante dos desafios atuais

Cuba convoca à solidariedade global diante dos desafios atuais

Havana, 3 mai (Prensa Latina) Após a celebração virtual, o Encontro Internacional de Solidariedade com Cuba voltou ao formato presencial para promover a unidade da esquerda mundial diante dos desafios atuais.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O evento se desenvolveu com um programa de maratona de três dias em que mais de mil delegados de 60 países conheceram a realidade do povo da ilha.

Na declaração final, os presentes ratificaram o compromisso de lutar contra o bloqueio estadunidense e a necessidade de combinar vontades e saberes para enfrentar a guerra simbólica e cognitiva que tem como cenário principal os espaços virtuais.

Uma dezena de instituições e distritos das províncias de Havana e Artemisa acolheram os convidados para o evento, que primeiro conheceram o impacto das medidas coercitivas do governo estadunidense e a epopeia de um povo para superar suas consequências.

Estes são os ativistas que nos últimos anos convocaram marchas e jornadas contra o bloqueio, organizaram doações e difundiram a verdade sobre Cuba; fatos que as mais altas autoridades da ilha caribenha lhe agradeceram insistentemente. No entanto, agradeceram também os convidados, que apontaram a Revolução Cubana como farol dos povos e movimentos progressistas do mundo.

Aqui estamos nós, os pobres do mundo, mas empoderados, como os imperialistas não nos querem. Aqueles determinados a conquistar toda a justiça continuarão lutando porque um mundo melhor é possível, disse o presidente Miguel Díaz-Canel no encontro.

O encontro, promovido pela Central de Trabalhadores de Cuba e pelo Instituto Cubano de Amizade com os Povos, também marca um caminho diante dos desafios da classe operária e da esquerda mundial. Na América Latina, será realizada uma Cúpula dos Povos, alternativa à Cúpula das Américas, cuja sede será a cidade de Los Angeles, Estados Unidos, e da qual se pretende excluir Cuba.

Em junho, a Europa sediará uma cúpula de paz paralela à que será realizada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte, que não recua em seus esforços expansionistas, apesar do custo em vidas do conflito que empurrou entre a Rússia e a Ucrânia.

Nesta etapa também acontecerá o Fórum de São Paulo, que junto com os demais espaços de diálogo se tornará mais um momento de acertar vontades e ações em defesa do direito à vida das pessoas.

Os delegados ao evento concordaram em denunciar que o mundo pós-Covid-19 não é mais solidário nem humanista, pois aumenta as desigualdades e surge uma crise econômica que afetará todos os trabalhadores.

Ressaltaram que prevalece um senso de urgência para conseguir a articulação dos movimentos sociais e sindicais para promover alternativas baseadas na justiça social.

Diante dessa realidade, o Encontro Internacional de Solidariedade superou seu objetivo primordial de dar voz à gratidão pelo apoio de Cuba, especialmente na luta contra a Covid-19; e se tornou o ponto de partida para promover maior unidade e protagonismo dos movimentos de esquerda em defesa dos direitos dos pobres.

acl/jfs/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.