19 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Primeiro-ministro israelense tenta acabar crise

Israel, primer, ministro, crisis, solución

Primeiro-ministro israelense tenta acabar crise

Tel Aviv, 2 mai (Prensa Latina) O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, e o legislador Mansour Abbas, líder do partido Raam, tentaram aparar as arestas para reincorporar essa formação árabe ao governo, que precisa desesperadamente de votos, revelado hoje Canal 13.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A emissora de televisão especificou que ambos os políticos realizaram uma reunião no dia anterior, a primeira desde que Raam congelou sua participação na aliança do governo em repúdio aos ataques israelenses à Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental. No entanto, os meios de comunicação nacionais estimam que a decisão do partido visava satisfazer suas bases eleitorais e não abandonar o Executivo. Além disso, o boicote não tem efeito prático porque o Knesset (Parlamento) está em recesso até 9 de maio.

Falando ao Canal 12, uma fonte de Raam que preferiu permanecer anônima estimou que a coalizão liderada por Bennett está prestes a implodir, mas observou que Abbas quer voltar a pressionar por mais leis pró-árabes.

Precisamente, o jornal The Times of Israel revelou na segunda-feira que este grupo anunciou várias condições para seu retorno, incluindo a legalização de várias aldeias beduínas no deserto do sul do Negev e mais fundos para as comunidades árabes.

Os quatro assentos de Raam são fundamentais para manter a heterogênea aliança governamental no poder.

Mesmo com esses quatro assentos, os apoiadores de Bennett controlam apenas 60 dos 120 assentos do Knesset.

A coalizão perdeu recentemente sua escassa maioria após a deserção da deputada ultranacionalista Idit Silman, que somou seu voto à oposição, liderada pelo partido Likud do ex-chefe de governo Benjamin Netanyahu.

Dias atrás, o jornal Israel Hayom revelou que Bennett, Lapid e o ministro da Defesa, Beny Gantz, cancelaram suas viagens ao exterior devido à crise do governo.

A publicação especificou que os três políticos ficarão em casa no futuro próximo para tentar manter os oito partidos que compartilham o poder juntos.

A coalizão heterogênea é formada por grupos de extrema direita, centro, islamismo e esquerda, todos unidos em sua rejeição ao retorno ao poder de Netanyahu, que liderou o país por 15 anos, 12 deles ininterruptamente.

Essas profundas diferenças ideológicas causam atritos constantes em inúmeras questões que vão desde a relação com os palestinos e a colonização judaica de suas terras até questões religiosas e orçamentárias.

jf/rob/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.