25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Primeiro de Maio em ano decisivo para os trabalhadores no Brasil

Primeiro de Maio em ano decisivo para os trabalhadores no Brasil

Brasília, 01 mai (Prensa Latina) De maneira unitária, sete entidades que representam a classe trabalhadora do Brasil realizarão hoje em São Paulo o ato central de 1º de maio, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A presença de milhares de pessoas é esperada na Praça Charles Miller, em São Paulo, onde “será realizado um grande ato para mostrar ao país e ao mundo que a classe trabalhadora quer um Brasil com outra direção”, disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores ( CUT), Sérgio Nobre.

Um Brasil, especificou, “com emprego, com desenvolvimento, com salários, direitos, proteção social, desenvolvimento sustentável, respeito à democracia e soberania”.

Entre os sindicatos que concordaram em se mobilizar juntos em São Paulo estão a CUT, a Força Sindical, a União Geral dos Trabalhadores, A Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, a Nova Central dos Trabalhadores, a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e a Central Pública do Servidor.

Também para a data na esplanada haverá cinco apresentações artísticas, incluindo a da famosa cantora Daniela Mercury, conhecida como a Rainha do Axé, ritmo que mistura samba-reggae, frevo, merengue, forró, candomblé, pop rock, assim como outras batidas afro-brasileiras e afro-latinas.

Segundo Nobre, a classe trabalhadora vive o pior período da história, com “mais de um terço de nossa população desempregada ou desanimada, com a fome e a miséria atingindo novamente milhões de brasileiros”.

Ele disse que o grito Fora Bolsonaro, a reflexão, a luta e a demanda por empregos decentes, assim como as demandas por desenvolvimento sustentável com justiça social, vão estar presentes em muitas das mobilizações em diferentes cidades do país.

Nada disso é possível com Jair Bolsonaro no poder, porque com o presidente de extrema direita, a classe trabalhadora “não tem futuro”, denunciou.

Para o chefe da CUT, “derrotar Bolsonaro e tudo o que ele representa é nossa grande tarefa” e a prioridade no Dia dos Trabalhadores, assim como nos demais dias do ano até 2 de outubro, data prevista para as eleições presidenciais, “as eleições das nossas vidas, que vão definir como será o Brasil nos próximos 10, 20 anos”, comentou.

Em recente entrevista à revista Carta Capital, Nobre garantiu que o país é como a natureza. “Se parar de destruir, se recupera em poucos anos. Se tudo for bem feito, e tenho certeza que Lula fará, com o apoio da classe trabalhadora, podemos reconstruir rapidamente. Em dois anos com Lula, o Brasil é outro”, concluiu.

mem/ocs/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.