19 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Vários palestinos feridos após ataque israelense em local religioso

explanada-mezquitas--300x173

Vários palestinos feridos após ataque israelense em local religioso

Ramallah, 29 abr (Prensa Latina) Pelo menos 42 palestinos ficaram feridos hoje após uma nova incursão das forças de segurança israelenses na Esplanada das Mesquitas em Jerusalém, em meio a fortes críticas internacionais pelos contínuos ataques naquele local sagrado.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Crescente Vermelho disse em comunicado que o número de feridos, 22 dos quais foram levados para hospitais, pode aumentar nas próximas horas devido às acusações dos homens uniformizados contra os milhares de fiéis muçulmanos presentes no local.

A polícia usou gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar os palestinos, muitos dos quais responderam com pedras.

O corpo armado anunciou que três pessoas foram presas, duas por atirar pedras e uma terceira por incitar seus compatriotas.

Nas últimas duas semanas, as tensões aumentaram em torno da Esplanada das Mesquitas após as sistemáticas incursões israelenses para expulsar os muçulmanos com o objetivo de permitir a entrada de judeus por ocasião da Páscoa, feriado que simboliza o início do êxodo desta cidade .

Os ataques foram duramente criticados por países muçulmanos, incluindo aqueles com relações diplomáticas com Israel, como a Jordânia.

Diante da onda de confrontos e condenações internacionais, Tel Aviv anunciou que vai proibir não-muçulmanos de visitar o complexo religioso até o final do Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos, que termina este ano em 1º de maio.

O local sagrado é reverenciado tanto pelos muçulmanos, que o chamam de Esplanada da Mesquita, quanto pelos judeus, que o conhecem como o Monte do Templo.

De acordo com acordos alcançados há décadas, estes últimos só podem visitar o local com inúmeras condições, mas não para rezar.

No entanto, sob crescente pressão dos setores de direita e ultra-ortodoxos, o número de crentes ortodoxos que tentam rezar lá aumentou, o que é considerado pelos muçulmanos uma provocação.

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, afirmou em julho passado que seus compatriotas têm o direito de rezar lá, embora dias depois seu governo tenha recuado diante de inúmeras questões.

jcm/rob/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.