17 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Partido Árabe Retorna à Aliança Governante de Israel após Boicote

abbas-lapid-300x187

Partido Árabe Retorna à Aliança Governante de Israel após Boicote

Tel Aviv, 29 abr (Prensa Latina) O partido árabe Raam voltou à aliança do governo israelense depois de encerrar o boicote motivado pelas incursões sistemáticas da polícia contra a Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental, informou hoje a imprensa nacional.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O jornal Times of Israel revelou que o ministro das Relações Exteriores Yair Lapid e Mansour Abbas, líder do Raam, concordaram durante uma reunião que a organização volte a unir forças com a coalizão, liderada pelo primeiro-ministro Naftali Bennett.

No início deste mês, aquela formação congelou a sua participação no Executivo pelos ataques ao local religioso, o terceiro mais sagrado para os muçulmanos.

Os quatro assentos de Raam são fundamentais para manter a heterogênea aliança governamental no poder.

Mesmo com esses quatro assentos, os apoiadores de Bennett controlam apenas 60 dos 120 assentos no Knesset (Parlamento).

A coalizão perdeu recentemente sua escassa maioria após a deserção da deputada ultranacionalista Idit Silman, que somou seu voto à oposição, liderada pelo partido Likud do ex-chefe de governo Benjamin Netanyahu.

Há três dias, o jornal Israel Hayom revelou que Bennett, Lapid e o ministro da Defesa, Beny Gantz, cancelaram suas viagens ao exterior devido à crise do governo.

A publicação especificou que os três políticos ficarão em casa no futuro próximo para tentar manter a coalizão de 8 partidos unida, com grandes diferenças entre eles.

Bennett lidera o grupo de extrema-direita Yamina, enquanto Lapid lidera o grupo Futuro e Gantz Azul e Branco.

Eles não querem deixar o país dada a situação delicada, comentou um alto funcionário citado pelo jornal.

Devido à falta de maioria no Legislativo e à possibilidade diária de uma fratura no Executivo, eles não podem se dar ao luxo de visitar outras nações, observou o jornal.

A coalizão heterogênea é formada por grupos de extrema direita, centro, islamismo e esquerda, todos unidos em sua rejeição ao retorno ao poder de Netanyahu, que liderou o país por 15 anos, 12 deles ininterruptamente.

Essas profundas diferenças ideológicas causam atritos constantes em inúmeras questões que vão desde a relação com os palestinos e a colonização judaica de suas terras até questões religiosas e orçamentárias.

jcm/rob/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.