17 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia denunciou a nova encenação de crimes de guerra pela Ucrânia

Rússia denunciou a nova encenação de crimes de guerra pela Ucrânia

Moscou, 28 abr (Prensa Latina) O Centro de Administração da Defesa Nacional Russa denunciou hoje que o exército ucraniano está preparando uma nova encenação de um crime de guerra supostamente cometido pelas tropas russas na autoproclamada República Popular de Lugansk.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O chefe da organização militar, Mikhail Mizintsev, disse aos repórteres que a provocação para desacreditar o exército da nação eurasiática está planejada para ser apresentada à comunidade internacional por jornalistas da mídia ocidental do país.

“Veículos destruídos estão sendo levados, e ambulâncias estão levando os corpos dos soldados ucranianos em roupas civis para o mercado central da cidade de Lisichansk, que na véspera foi atacada erroneamente por unidades da 57ª Brigada de Infantaria Motorizada das Forças Armadas Ucranianas”, disse ele.

Mizíntsev acrescentou que com os materiais de construção eles farão “fotografias e gravações de vídeo encenadas, e representantes de agências de notícias ucranianas e ocidentais, inclusive dos Estados Unidos, Letônia, Reino Unido e Polônia, serão convidados”.

Paralelamente, o chefe do Centro reiterou que as forças ucranianas continuam a utilizar os edifícios da infraestrutura sanitária para a instalação de postos de apoio e o emprego de armas pesadas.

A este respeito, ele argumentou que na localidade de Konstantinovka, localizada na autoproclamada República Popular de Donbass, foi instalado um hospital para os militares ucranianos e todos os civis internados foram expulsos, independentemente de seu estado de saúde.

Mizíntsev também disse que uma unidade de nacionalistas está instalada em um centro de emergência na cidade de Zaporozhie, e veículos blindados e posições de tiro de artilharia estão localizados no terreno adjacente do complexo médico.

O chefe da agência pediu as organizações internacionais, em particular a Organização Mundial da Saúde, a exercer influência sobre Kiev e tomar medidas para garantir que a infraestrutura neste setor não seja utilizada para fins militares.

jf/odf/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.