24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia agirá se Kiev, encorajada pelo Ocidente, atacar alvos russos

Rússia agirá se Kiev, encorajada pelo Ocidente, atacar alvos russos

Moscou, 28 abr (Prensa Latina) A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, assegurou que seu país agirá firmemente diante das novas tentativas do Ocidente de induzir as Forças Armadas ucranianas a atacar as instalações militares russas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Os países ocidentais estão chamando abertamente a Ucrânia para atacar o território russo usando as armas que fornecem a Kiev, incluindo as fornecidas pelos países da OTAN”, disse ela em uma conferência de imprensa.

Ela exortou os responsáveis pelas provocações a levar a sério a declaração do Ministério da Defesa russo de que uma nova provocação da Ucrânia para lançar ataques contra as instalações da nação eurasiática levará, sem dúvida, a uma resposta dura de Moscou.

De acordo com Zakharova, Kiev tomou as instruções do Ocidente como guia de ação, enquanto denunciava como nas últimas semanas as tropas ucranianas bombardearam as regiões russas que faziam fronteira com o país, causando vítimas e destruição.

“Esta é mais uma prova de que o regime do presidente ucraniano Vladimir Zelensky não é independente em suas decisões e está completamente dependente de curadores externos”, disse ela.

A Rússia lançou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro após as autoridades das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk terem pedido ajuda para repelir o aumento da agressão e o intenso bombardeio de Kiev.

Anteriormente, Moscou reconheceu a independência e soberania de ambos os territórios e assinou tratados de amizade, cooperação e assistência mútua com seus líderes, que incluíam o estabelecimento de relações diplomáticas e assistência militar.

Em seu discurso para anunciar o início da operação, o presidente russo Vladimir Putin disse que o objetivo era proteger o povo de Donbass dos abusos e genocídio de Kiev nos últimos oito anos, assim como “desmilitarizar” e “desnazificar” a Ucrânia.

jcm/odf/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.