24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Presidente cubano lamenta a morte do amigo russo Nikolai Leonov

Presidente cubano lamenta a morte do amigo russo Nikolai Leonov

Havana, 28 abr (Prensa Latina) O presidente cubano Miguel Díaz-Canel lamentou hoje a morte do tenente-general russo aposentado Nikolai Leonov, que ele descreveu como "um querido amigo, um conhecedor de nossa história e um testemunho extraordinário de uma era extraordinária".
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O presidente compartilhou a mensagem em sua conta no Twitter, através da qual ele também expressou suas condolências à família e amigos, especialmente ao general do exército Raúl Castro.

O Tenente-General Nikolai Leonov (1928-2022), aposentado do KGB (Comitê de Segurança do Estado na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas – URSS), morreu no dia anterior, deixando um grande legado para sua longa vida de serviço à Rússia e uma memorável história de amizade com a ilha.

Ele foi um verdadeiro político e especialista em questões latino-americanas após o colapso da URSS.

Leonov conheceu Raúl Castro em um barco para o México, com quem mais tarde ele forjaria uma estreita amizade.

Mais tarde, em 1955, ele conheceu Ernesto Che Guevara na capital asteca, e ao longo dos anos, uma vez que a Revolução havia triunfado na ilha caribenha, ele serviu como seu tradutor durante uma viagem à Coréia.

Leonov também foi tradutor do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, quando visitou a URSS pela primeira vez em 1963, a convite do então presidente, Nikita Khrushchev.

Doutor em Ciências Históricas, e um dos melhores de sua classe no Instituto Estadual de Relações Internacionais de Moscou, ele recebeu a Ordem da Estrela Vermelha, a Ordem da Revolução de Outubro e a Ordem da Bandeira Vermelha do Trabalho, para citar apenas algumas distinções.

Ele é autor de vários textos, incluindo La lucha de la Iglesia con el Estado en el México (1965), Omar Torrijos: Yo no quiero pasar a la historia, quiero entrar en la Zona del Canal (1990), Fidel Castro: biografía política (1998) e Raúl Castro, un hombre en Revolución (2016).

jcm/idm/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.