25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Gazprom suspende o fornecimento de gás à Bulgária e à Polônia

Gazprom suspende o fornecimento de gás à Bulgária e à Polônia

Moscou, 27 abr (Prensa Latina) A empresa russa Gazprom informou hoje que suspendeu completamente o fornecimento de gás à empresa búlgara Bulgargaz e à empresa polonesa PGNiG por falta de pagamento pontual em rublos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a declaração, a Gazprom Export notificou ambas as entidades da suspensão dos fornecimentos a partir de 27 de abril até o pagamento de suas dívidas, em conformidade com o decreto do governo russo que entrou em vigor em 1 de abril.

A companhia de gás informou que no fechamento dos negócios de ontem não havia recebido pagamentos da Bulgária e da Polônia para o fornecimento de combustível para o mês de abril.

Desde o início da implementação da medida, a Gazprom informou a seus clientes que os pagamentos do fornecimento de gás russo para exportação serão feitos em rublos e explicou como funcionará o novo procedimento.

Em 31 de março, o presidente russo Vladimir Putin aprovou um decreto sobre as regras para o comércio de gás com países considerados hostis à Rússia, que prevê o pagamento de contratos de combustível em rublos.

“Estamos fornecendo aos empreiteiros destes países um esquema claro e transparente: para comprar gás natural, eles devem abrir contas em rublo com bancos russos, e são estas contas que serão usadas para pagar o gás a partir de amanhã, em 1 de abril”, disse ele.

Segundo o chefe de Estado, a Rússia considerará uma violação de contratos se os compradores de seu gás, pertencentes ao grupo de países considerados pouco amigáveis por Moscou, se recusarem a pagar por ele em rublos.

“Se estes pagamentos não forem feitos, nós o consideraremos uma violação dos compromissos por parte dos compradores, com todas as consequências que isto implica”, disse ele.

Ampliou que o novo procedimento, incluído no decreto publicado no site do Kremlin, significa que os compradores terão que abrir contas especiais de rublo com o Gazprombank para pagar pelos suprimentos.

O texto proíbe a entrega de gás natural russo sob contrato a pessoas estrangeiras de países hostis se o prazo para pagamento não tiver sido cumprido, se o pagamento não tiver sido feito integralmente em moeda estrangeira ou através de uma conta em um banco não autorizado pelo decreto.

Disse que a permissão para pagar o gás russo em uma moeda diferente do rublo só poderia ser emitida pela comissão governamental para monitorar o investimento estrangeiro na Rússia.

De acordo com o chefe de Estado, Moscou não dará caridade para seu fornecimento de gás. “Ninguém nos dá nada de graça, e nós também não daremos caridade. Ou seja, os contratos existentes serão descontinuados”, frisou ele, referindo-se a casos de não pagamento em rublos.

Explicou que a nação eurasiática pretende aumentar a proporção de assentamentos em moedas nacionais e naquelas de estados que são parceiros confiáveis no comércio exterior.

Nos últimos dois meses, as autoridades nacionais aprovaram um conjunto de disposições econômicas e financeiras para lidar com mais de 6.800 medidas estrangeiras aplicadas contra o país, principalmente após o início da operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro.

oda/mml/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.