21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Dez compradores de gás russo na Europa abriram contas em rublos

Dez compradores de gás russo na Europa abriram contas em rublos

Moscou, 27 abr (Prensa Latina) Pelo menos dez empresas europeias que compram gás natural da Gazprom já abriram contas na Gazprombank para pagar seus suprimentos em rublos, informou hoje uma fonte da empresa russa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a agência de notícias Bloomberg, quatro deles já pagaram suas dívidas à Rússia e os próximos pagamentos serão implementados após 15 de maio.

A mídia local noticiou na quarta-feira que a Uniper da Alemanha e a OMV da Áustria aceitaram o movimento do governo russo de pagar pelo fornecimento de gás e petróleo em rublos. O diretor financeiro da Uniper, Tiina Tuomela, notificou à contraparte russa que estão discutindo com as autoridades de Berlim a possibilidade de cumprir com a exigência de pagar em rublos, de acordo com a agência de notícias TASS.

A este respeito, o funcionário explicou que o mecanismo aplicado pela nação eurasiática não violaria os termos das sanções impostas à Rússia pela União Europeia após o início da operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro.

O chanceler austríaco Karl Nehammer explicou que seu país, representado pela empresa de petróleo e gás OMV, aceitou as condições da Rússia para a liquidação do fornecimento de energia.

O chefe de governo indicou que a empresa austríaca de combustíveis já havia aberto uma conta de rublo na Gazprombank, como estipulado nas medidas anunciadas por Moscou em 31 de março.

No entanto, nem todos os países do chamado Velho Continente aceitaram a decisão de Moscou. Na quarta-feira, a gigante da energia Gazprom suspendeu completamente o fornecimento de gás à empresa búlgara Bulgargaz e à empresa polonesa PGNiG por falta de pagamento em rublos dentro do prazo.

De acordo com a declaração, a Gazprom Export notificou ambas as entidades da suspensão do fornecimento de gás a partir de 27 de abril até o momento em que pagarem suas dívidas, de acordo com o decreto do governo russo que entrou em vigor em 1 de abril.

A companhia de gás russa informou que no fechamento do negócio de ontem não havia recebido pagamentos da Bulgária e da Polônia para o fornecimento de combustível para o mês de abril.

Em 31 de março, o presidente russo Vladimir Putin aprovou um decreto sobre as regras para o comércio de gás com países considerados hostis à Rússia, que prevê o pagamento de contratos de combustível em moeda local.

“Estamos fornecendo aos empreiteiros desses países um esquema claro e transparente: para comprar gás natural, eles devem abrir contas em rublo com bancos russos, e são essas contas que serão usadas para pagar o gás a partir de amanhã, em 1º de abril”, disse ele.

Segundo o chefe de Estado, a Rússia considerará uma violação de contratos se os compradores de seu gás, pertencentes ao grupo de países considerados pouco amigáveis por Moscou, se recusarem a pagar por ele em rublos.

mem/mml/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.