26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

África do Sul, Mandela e Dia da Liberdade

África do Sul, Mandela e Dia da Liberdade

Pretória, 27 abr (Prensa Latina) O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, dirige hoje as atividades comemorativas do Dia da Liberdade neste país, após 28 anos desde que o povo pôs fim ao regime segregacionista do apartheid.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo fontes oficiais, o ato central da efeméride, que se realiza este ano sob o lema “Consolidar nossas conquistas democráticas” com a presença do presidente, acontecerá no estádio Kees Taljaard, localizado na cidade de Middelgurg, província de Mpumalanga.

Num dia como hoje, em 1994, foram realizadas as primeiras eleições multirraciais neste país, fato que consolidou o fim do apartheid e permitiu a promoção da identidade nacional.

Após essa votação, Nelson Mandela (1918-2013) tornou-se o primeiro presidente negro do país.

Referindo-se à data histórica, também conhecida como Dia Nacional da África do Sul, um comunicado da presidência sul-africana observou que o dia nacional “honra as massas de sul-africanos que sofreram sob o regime do apartheid, resistiram a ele e enfrentaram as forças de segurança repressivas”.

Acrescentou que os filhos desta terra também enfrentaram a morte, os ferimentos, o trabalho forçado, a discriminação e outras injustiças que a comunidade internacional classificou como crime contra a humanidade.

Várias fontes informaram que na celebração do ano passado, no evento dessa data tão memorável, o próprio Presidente Ramaphosa afirmou que, no meio da tarefa de reconstrução da sociedade, os nacionais terão de fazer parte do grande esforço para fazer crescer a economia.

Isto assenta, entre outras tarefas, na criação de empresas e mais postos de trabalho, explicou.

Por sua vez, a publicação SbcNews lembrou que Pretória comemora nesta quarta-feira 28 anos de regime democrático, o que foi possível graças à luta de muitos ícones, incluindo o ex-presidente Mandela, que dedicou sua vida à liberdade.

Salientou que em 26 de junho de 1961, aquele patriota expressou através de uma declaração que “só com dificuldades, sacrifício e ação militante pode-se conquistar a liberdade. A luta é minha vida, continuarei lutando pela liberdade até o fim dos meus dias”.

Anteriormente, a presidência deste Estado afirmou em nota que o Dia da Liberdade nesta ocasião tem como pano de fundo o 25º aniversário da Constituição da África do Sul, o fim do estado de catástrofe nacional devido a Covid-19 e a recuperação após os danos causado por uma tempestade na província de KwaZulu Natal.

As comemorações do aniversário histórico coincidem com a realização em Cuba das atividades comemorativas do Dia Nacional da África do Sul.

oda/obf/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.