24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Díaz-Canel: mudanças em Cuba devem responder ao socialismo

Cuba, Díaz-Canel, cambios, socialismo

Díaz-Canel: mudanças em Cuba devem responder ao socialismo

Havana, 26 abr (Prensa Latina) O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, assegurou que todas as transformações e soluções realizadas no país "devem responder ao socialismo" e desde o melhor do marxismo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O presidente fez esta reflexão durante a reunião do Conselho de Ministros em abril, realizada no dia anterior, e que se centrou na atualização da estratégia econômico-social de fortalecimento da economia no contexto da crise global gerada pela pandemia de Covid-19.

Conforme divulgado hoje pelo jornal Granma, essa estratégia, elaborada desde 2020, tem sido premissa de trabalho nestes dois anos, com base no Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social até 2030.

Falando no encontro, o Presidente sublinhou que a vida do país enfrenta situações inevitáveis como o bloqueio econômico intensificado dos Estados Unidos, as campanhas mediáticas que procuram distorcer a realidade da ilha e a pandemia, cujos efeitos persistem.

Nesse sentido, insistiu no conceito de “resistência criativa” que visa “superar esta situação com nossos próprios esforços e nosso próprio talento” e com a confiança de que Cuba tem capacidade para sair vitoriosa desses desafios.

Exemplificou a forma como o país enfrentou a pandemia de Covid-19 “com empenho, firmeza, confiança, organização, participação e talento, e do talento vieram as vacinas”.

Ele expressou que Cuba assumiu a nova normalidade, abriu suas fronteiras e a economia está gradualmente se recuperando e destacou que “isso é resistência criativa; Não apenas resistimos, saltamos sobre a adversidade, superamos a adversidade”.

Ele enfatizou a importância de alcançar maior abrangência, complementaridade, uso da ciência e inovação, como ocorreu no enfrentamento da pandemia, para outras áreas como produção de alimentos, trabalho social nas comunidades e toda a economia.

Díaz-Canel também insistiu em outros aspectos conceituais que devem estar presentes na estratégia nacional, como a busca de maior equilíbrio social, com medidas econômicas e com ações e políticas públicas.

As medidas que se atualizam têm que ser revolucionárias, transformadoras, buscando eliminar a burocracia, com mecanismos de controle mais eficientes e conseguir a articulação de todos os atores econômicos existentes, enfatizou.

Entre estes, abundam, a empresa estatal socialista tem uma nova função, com a atenção, intercâmbio, relacionamento e participação do setor não-estatal com base nos programas de desenvolvimento do país.

Sublinhou ainda que as medidas da Estratégia devem centrar-se também na melhoria da oferta alimentar através do aumento da produção nacional, bem como na oferta de medicamentos, transportes públicos e de mercadorias, e na formação de preços mais adequados.

Apelou ainda à manutenção da estabilidade do Sistema Elétrico Nacional, ao melhor aproveitamento do Orçamento do Estado e à priorização da atenção aos setores mais vulneráveis e aos jovens.

No encontro também presidido pelo primeiro-ministro, Manuel Marrero, titulares de várias pastas abundaram sobre a difícil situação económica do país e o seu desenvolvimento até março, e as medidas para fazer face aos desafios e dificuldades.

Analisaram também a promoção e atração de investimento estrangeiro, o vínculo entre universidades e entidades de produção e serviços, o comportamento de indisciplina, ilegalidades e corrupção administrativa que ocorreu em 2021 em diversas entidades e a política de aperfeiçoamento do Sistema Nacional de Auditoria.

jcm/rc/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.