26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Capital da China aplica PCR a 90% de sua população

China, Covid-19, pcr, pruebas, población

Capital da China aplica PCR a 90% de sua população

Beijing, 26 abr (Prensa Latina) Beijing, a capital da China, expandiu hoje os testes PCR para sondar a saúde de 90% de seus habitantes, após o surto de Covid-19, que poderia levar ao confinamento, continuou a se expandir.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

As autoridades locais ordenaram que os testes fossem realizados na terça, quinta e sábado em 11 outros distritos do município, depois de ontem ter prosseguido com esta medida em Chaoyang, onde se concentra a maioria das mais de 70 pessoas doentes detectadas desde a última sexta-feira.

A área repetirá a triagem amanhã e sexta-feira para seus 3,5 milhões de residentes, com especialistas considerando a decisão “oportuna, decisiva e necessária” para evitar a propagação em larga escala da “variante mícron do coronavírus SARS-CoV-2”.

Além da realização de PCRs, Beijing designou uma área central sob restrição com mobilidade zero e fechamento de hospitais, supermercados e empresas.

Também instruiu outras empresas do território a optarem pelo teletrabalho, atividades esportivas suspensas, feiras comerciais e apresentações culturais, e advertiu as pessoas para não viajarem ou celebrarem festas durante os próximos feriados do Dia do Trabalhador.

O governo local reiterou a estabilidade do abastecimento de alimentos e necessidades básicas diante de uma enchente de consumidores comprando em grandes quantidades por medo de um possível confinamento da capital chinesa.

Muitos supermercados ficaram por vezes sem estoque e outros prolongaram o horário de trabalho devido à alta demanda por alimentos, pois epidemiologistas alertaram que, dependendo do número de novas infecções detectadas, Beijing poderia apertar as medidas sanitárias e não descarta o isolamento como Xangai.

Na terça-feira, a China contou 52 mortes e 17.812 pacientes da Covid-19.

Mais uma vez, todas as mortes e a maioria dos doentes vêm de Xangai, o epicentro atual do surto que o país vem experimentando desde março passado e onde mais mortes são esperadas porque há 287 pacientes em condições graves e críticas.

Com estas estatísticas, o gigante asiático acumula agora pelo menos 14.951 mortes e 596.290 casos confirmados em seu continente, Hong Kong, Macau e Taiwan desde o surgimento da patologia e do coronavírus que a provoca em dezembro de 2019.

Além disso, 246.139 pessoas assintomáticas estão sob observação médica.

acl/ymr/bm

ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.