24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Primeira edição de O Pequeno Príncipe na língua Nahuat chega a Cuba

Primeira edição de O Pequeno Príncipe na língua Nahuat chega a Cuba

Havana, 25 abr (Prensa Latina) Sob o título Ne Kunetatuktianitzin, a história do Pequeno Príncipe chega hoje à Feira Internacional do Livro de Havana em Nahuat, língua dos ancestrais indígenas de El Salvador.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Primeira obra literária -originalmente do francês Antoine de Saint-Exupéry- traduzida para esse idioma, o texto pertence à coleção Yultaketza, uma nova linha editorial em idiomas nativos da Diretoria de Publicações e Impressos (DPI) do Ministério da Cultura do país centro-americano.

A publicação evoca as ligações de Saint-Exupéry com essa cultura ancestral, já que “pouca gente sabe que sua esposa, Consuelo Suncín, era salvadorenha do território de Sonsonate”, lembrou o embaixador daquela nação na ilha em declarações à Prensa Latina David Cruz.

Da mesma forma, referiu-se a teorias manipuladas por especialistas, que apontam para o papel de Suncín como inspiração para a obra, especialmente a personagem de La Rosa, bem como descrições da paisagem como a cadeia vulcânica existente em um de seus mundos imaginários.

Com a tradução de Valentín Ramírez, após uma década de trabalho, o volume se junta à extensa lista de edições feitas desta história, levadas para cerca de 475 idiomas.

Da mesma forma, o livro é uma homenagem às gerações de povos indígenas, silenciados no início do século 20 sob as ordens do governo do general Maximiliano Hernández Martínez, pois se torna uma oportunidade para preservar a herança dos falantes de náuatle sobreviventes.

Disponível no estande salvadorenho do Complexo Histórico-Militar Morro Cabaña, o volume completa a coleção daquele país no festival de letras, onde também se destacam peças do poeta Roque Dalton e da escritora Claudia Lars.

“Temos também o exemplar Altares, que conta as histórias das mulheres assassinadas no massacre de El mozote na perspectiva das vítimas”, destacou Cruz, lembrando a mancha sangrenta desses atos cometidos pelo batalhão Atlácatl da Forças Armadas. Armado contra a população civil em dezembro de 1981.

Fazem parte da seleção, exposta no evento literário até 30 de abril, dois volumes dedicados à história de El Salvador, textos da mitologia cuscatleca, nos quais são divulgadas histórias e lendas de origem maia no país, entre outros.

jf/lbl/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.