24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Universidades, história e diálogo migratório marcam semana em Cuba

Canel-1-300x200

Universidades, história e diálogo migratório marcam semana em Cuba

Havana, 23 de abr (Prensa Latina) Um novo curso presencial nas universidades cubanas, a inauguração da 30ª Feira Internacional do Livro, comemorações históricas e o diálogo migratório com os Estados Unidos marcaram a semana que termina hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O presidente do país, Miguel Díaz-Canel, congratulou-se com a abertura das salas do Ensino Superior após vários meses de preparação e adaptação à situação epidemiológica do país.

Segundo as autoridades, o ano letivo de 2022 será realizado presencialmente com 35 semanas letivas que culminam neste mesmo ano.

Cuba comemorou esta semana com atos políticos e culturais os 61 anos da vitória militar sobre a força mercenária invasora de 1.500 homens equipados, treinados e financiados pelos Estados Unidos.

A chamada Operação Plutão tornou-se em menos de 72 horas a primeira grande derrota militar do imperialismo do norte na América e em 24 de abril de 1961, o presidente do norte, John F. Kennedy, reconheceu o envolvimento de seu governo nos acontecimentos.

As Grandes Antilhas também recordaram a proclamação, pelo líder histórico Fidel Castro, do caráter socialista da Revolução em 16 de abril daquele mesmo ano.

Esta semana começou a 30ª Feira Internacional do Livro em Havana, com o México como convidado de honra no maior evento literário da ilha. O presidente cubano descreveu o encontro como um prelúdio propício à visita oficial ao país caribenho do presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador, prevista para maio próximo.

“Estas são as pontes que devem continuar a ser construídas, que podem ser um exemplo para um mundo que em plena pandemia está a pensar em guerras, quando deveríamos estar a pensar em como salvar vidas humanas”.

As instituições culturais apresentarão cerca de 900 novidades literárias para o grande evento de letras, que durará mais de 10 dias na Fortaleza de San Carlos de la Cabaña como principal palco.

Por outro lado, a realização em Washington da primeira rodada de conversações sobre questões migratórias desde 2018 entre Cuba e os Estados Unidos também teve impacto nos eventos noticiosos nacionais.

Nesse diálogo, o lado caribenho enfatizou sua preocupação com as medidas do governo norte-americano que estimulam a migração, mas a impedem de forma legal e ordenada.

Por meio de um comunicado, a chancelaria cubana destacou que Washington gera as condições socioeconômicas que favorecem a emigração e suas ações, incluindo o fortalecimento extremo do bloqueio econômico.

A ilha sublinhou que não há justificação para manter este serviço interrompido aqui e obrigar o requerente a emigrar a viajar para a Guiana para que o seu pedido possa ser processado.

Durante esta semana também foi notícia a quarta visita do governo a Havana, durante a qual o presidente Díaz-Canel avaliou o impacto das políticas socioeconômicas, conversou com os moradores da capital e verificou as transformações nas comunidades vulneráveis.

Idm/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.