19 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Inauguração da 59ª edição da Bienal de Arte de Veneza

FQ-hz5_XoAQ2CqF-300x225

Inauguração da 59ª edição da Bienal de Arte de Veneza

Roma, 23 abr (Prensa Latina) A 59ª edição da Bienal de Arte de Veneza começou hoje nessa emblemática cidade italiana com a participação de 213 artistas de 58 nações e 1.433 obras e objetos expostos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Sala das Colunas do Palácio Giustiniano foi o palco do dia de abertura e premiação do evento -previsto até 27 de novembro- no qual a alemã Katharina Fritsch e a chilena Cecilia Vicuña receberam o Leão de Ouro da Carreira.

O presidente da Bienal de Veneza, Roberto Cicutto, a curadora Cecilia Alemani e os membros do júri internacional entregaram os prêmios e outros reconhecimentos.

A americana Simone Leigh ganhou o Leão de Ouro de melhor participante e o pavilhão da Grã-Bretanha pela representação nacional mais destacada, enquanto Ali Cherri foi premiado com o Leão de Prata para jovens talentos nas artes visuais.

As menções especiais individuais foram para Shuvinai Ashona e Lynn Hershman Leeson, e as coletivas para os pavilhões da França e Uganda.

Cecilia Alemani é a curadora da exposição “Il latte dei sogni” (Leite do sonho), título da obra da escritora e pintora britânica Leonora Carrington (1917-2011), baseada em contos e desenhos para crianças, que concebido para seus filhos e recolhido em um caderno.

A exposição, destacou Alemani no dossiê de apresentação, recebeu o nome do livro em que o artista surrealista descrevia um mundo mágico onde a vida é constantemente reinventada pelo prisma da imaginação em que se permite mudar, transformar, tornar-se outro de si mesmo.

A exposição elege as criaturas fantásticas de Carrington, associada a muitas outras figuras de transformação, como companheiras de uma viagem imaginária pela metamorfose dos corpos e pelas definições do humano, disse.

A América Latina está representada nesta edição da Mostra Internacional de Arte de Veneza pela Argentina, Chile, México, Peru, Brasil, Uruguai, Venezuela, Bolívia, Guatemala e Cuba, cujo pavilhão foi inaugurado no dia anterior na ilha de San Sérvolo.

“Terra Desconhecida, Propostas para um Novo Mundo” é o título da exposição cubana, na qual participam como artistas convidados Rafael Villares, Alexis Leyva Machado “Kcho” e o italiano Giuseppe Stampone, com Norma Rodríguez e Nelson Ramírez de Arellano Conde, como curador e curador, respectivamente.

Cuba também marca presença na Bienal de Arte com obras de Belkys Ayón (1967-1999) selecionadas pela curadoria da exposição e expostas em um amplo acervo junto com outros 72 artistas de todo o mundo.

jcm/fgg/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.