23 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Greve geral na região de Cusco culmina hoje no Peru

Greve geral na região de Cusco culmina hoje no Peru

Lima, 19 abr (Prensa Latina) Uma greve geral na região de Cusco culmina hoje após um início contundente e apesar dos acordos de distensão com o governo, como o compromisso de estabelecer uma mesa de diálogo sobre as reivindicações levantadas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A paralisação de 48 horas de caráter preventivo registrou em seu primeiro dia a demanda das organizações sociais por um referendo para uma nova Constituição e a rejeição do modelo econômico neoliberal e do Parlamento sob controle da oposição.

Essas posições, somadas a medidas contra a onda de aumentos de preços, apoio à agricultura e melhores serviços públicos, foram levantadas pelos líderes sociais perante o primeiro-ministro Aníbal Torres, que ontem chegou a Cusco e conversou com eles.

A Federação Camponesa, o Sindicato Regional dos Professores, o Sindicato dos Taxistas, o Conselho Regional da Mulher e outros grupos participaram, enquanto as ruas pareciam desprovidas de tráfego de veículos e tomadas por marchas de organizações da cidade e chegadas da periferia da cidade andina localizada na região sul.

O ministro do Comércio Exterior, Roberto Sánchez, que participou do diálogo, destacou que os líderes levantaram a necessidade de “promover uma nova constituição que regule o mercado, a sociedade e o Estado com critérios de humanidade”, o que corresponde a um direito que ninguém pode arrebatar às pessoas.

O diálogo acordou uma nova reunião com a Presidência do Conselho de Ministros, posição oficial de Torres, para tratar de reivindicações prioritárias nas áreas da Saúde, Transportes e Comunicações, Agricultura, Cultura e Turismo, Educação e Energia e Minas.

Também foi confirmado que na próxima quinta-feira o Conselho de Ministros se reunirá em Cusco, chefiado pelo presidente Pedro Castillo, que obteve 82,7 dos votos naquela região no segundo turno das eleições, na qual derrotou a neoliberal Keiko Fujimori.

“Há muitas coisas que podemos alcançar conversando, concordando nessas mesas de diálogo, sem qualquer discriminação”, disse Torres ontem, que pediu a participação de outras organizações sociais.

O ministro Sánchez pediu o fim da greve e disse que um setor concordou, embora os porta-vozes do protesto tenham alertado que a mobilização vai continuar.

ode/mrs/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.