25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cubanos e equatorianos comemoram a vitória de Playa Girón

Cubanos e equatorianos comemoram a vitória de Playa Girón

Quito, 18 abr (Prensa Latina) Os cubanos residentes no Equador e cidadãos deste país sul-americano comemoraram hoje o 61º aniversário da vitória em Playa Girón, a primeira derrota do imperialismo ianque na América Latina.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A noite comemorativa organizada pela embaixada cubana no Equador e pelo Movimento de Solidariedade foi um espaço para ratificar a luta da maior das Antilhas pela defesa de sua soberania, conquistada com o triunfo da Revolução em 1º de janeiro de 1959.

Participaram do evento diplomatas cubanos e representantes de missões estatais credenciadas nesta nação andina, a Associação de Residentes Cubanos no Equador (Acure) e membros de organizações sociais.

Participaram também membros da Coordenadora de Artistas Progressistas “Eloy Alfaro” e funcionários de embaixadas de vários estados como Bolívia, Venezuela e República Árabe Saharaui Democrática.

Os participantes reiteraram sua rejeição ao bloqueio econômico, financeiro e comercial imposto pelos Estados Unidos a Cuba e exigiram o fim imediato dessa política, que chamaram de desumana, irracional e um crime contra a humanidade.

“É hora de compensar e permitir que Cuba se desenvolva como qualquer Estado e avance livremente na consolidação de seu modelo político e econômico rumo ao socialismo, caminho que escolheu em 1º de janeiro de 1959”, disse Milton Chamorro, presidente do Movimento de Solidariedade com Cuba.

Sobre Playa Girón, ele considerou que é a demonstração de como um povo com ampla dignidade não permite que invasores manchem sua independência e soberania e em apenas 72 horas derrotou os mercenários invasores, a partir do que se legitimou o caráter socialista da Revolução cubana.

Por sua vez, o embaixador do arquipélago caribenho, Basilio Gutiérrez, afirmou que a vitória em Playa Girón não foi alcançada apenas pela coragem, valentia e liderança de Fidel Castro, pela unidade do povo, mas também pela solidariedade internacional, que aconteceu no campo diplomático e nas ruas.

Da mesma forma, destacou que o império agora tem um plano de derivação fascista e, vendo-se em declínio, recorre a métodos extremos para tentar matar de fome o povo cubano e qualificou o bloqueio como “a mais desastrosa violação dos direitos humanos de todo um povo”.

A comemoração da vitória de Playa Girón culminou com um momento cultural em que cantores e compositores equatorianos, cubanos e chilenos interpretaram canções latino-americanas e canções criadas por artistas do país antilhano.

acl/scm/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.