21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Críticas a Biden e mais prisões na fronteira sul

Críticas a Biden e mais prisões na fronteira sul

Washington, 19 abr (Prensa Latina) O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, enfrenta uma crescente rejeição por sua decisão de suspender uma política de imigração da era de seu antecessor republicano, Donald Trump, conhecida como Título 42.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Enquanto isso, o número de prisões na fronteira com o México em março foi o mais alto em um mês em duas décadas, alerta a mídia local.

Segundo dados oficiais, as autoridades estadunidenses detiveram cerca de 210 mil migrantes que tentaram cruzar a linha divisória do sul no terceiro mês do ano.

Quase metade dos indocumentados foram expulsos do país em virtude do Título 42 do Código de Regulamentos Federais, que foi invocado por Trump em 2020 sob o pretexto da emergência sanitária causada pela pandemia de Covid-19.

Biden prometeu revogar a política criticada que já gerou protestos entre parlamentares republicanos e democratas e gera uma cisão com senadores influentes, que buscam se distanciar publicamente da decisão.

O democrata Gary Peters, membro da Câmara Alta de Michigan, levantou suas preocupações em particular, inclusive com o secretário de Segurança Nacional, Alejandro Mayorkas, informou o jornal The Hill.

Peters, que preside a Comissão de Segurança Nacional e Assuntos Governamentais do Senado, alertou que queria dar tempo ao governo para detalhar um plano para compensar a suspensão da política por Trump.

“A menos que tenhamos um plano bem pensado, acho que é algo que deve ser revisto e talvez adiado. Vou adiar o julgamento até que dê ao governo a chance de articular totalmente o que é”, disse Peters a repórteres.

Seus comentários, observou The Hill, ocorrem em um momento em que vários senadores democratas são alguns dos mais críticos da ordem de Biden de eliminar o Título 42.

Os republicanos, que planejam fazer da migração uma linha de ataque antes das eleições de novembro, veem essa decisão como uma oportunidade para atingir os candidatos democratas.

O jornal antecipou que os senadores Mark Kelly (democrata do Arizona), Raphael Warnock (Geórgia), Catherine Cortez Masto (Nevada) e Maggie Hassan (New Hampshire), que estarão nas urnas nas próximas eleições, se opuseram a reverter a norma.

No momento, o governo não tem um plano e será uma crise em cima da outra, disse Kelly a repórteres durante uma recente visita à fronteira.

O Título 42 permitiu que Trump expulsasse rapidamente os migrantes sem lhes dar a chance de solicitar asilo.

Dada a diminuição da incidência de Covid-19 no país, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças ordenaram o fim do Título 42 com entrada em vigor em 23 de maio.

acl/dfm/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.