21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Ataques ucranianos contra território russo colocam Kiev na mira

Rusia-ministerio-de-defensa-300x200

Ataques ucranianos contra território russo colocam Kiev na mira

Moscou, 16 abr (Prensa Latina) O Ministério da Defesa russo alertou esta semana que os ataques contra posições decisórias na Ucrânia, inclusive em Kiev, aumentarão se os ataques contra cidades fronteiriças da nação euro-asiática continuarem.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Isso é algo que nosso Exército se absteve de fazer até agora”, destacou o porta-voz da entidade militar, major-general Igor Konashénkov.

O alto chefe militar informou este sábado que o Exército russo atacou com mísseis guiados de longo alcance as instalações de uma fábrica de reparação de veículos blindados naquela capital.

Nesta quinta-feira, um helicóptero Mi-8 ucraniano atacou civis na cidade de Klímovo, na região russa de Briansk, causando oito feridos, incluindo uma mulher grávida e uma criança, que teve que ser levada em estado grave para um hospital em Moscou.

Nesse mesmo dia, o governador da região russa de Belgorod, Vyacheslav Gladkov, relatou dois ataques naquele território por forças de Kiev.

Em 11 de abril, aquele território estabeleceu o protocolo de alto nível de ameaça terrorista (amarelo), após um ataque de morteiro que causou a morte de uma pessoa e vários feridos. A República da Crimeia e Kursk fizeram o mesmo nos últimos dias, diante da possibilidade de novas ameaças.

Sobre o desenvolvimento da operação militar russa na Ucrânia, o presidente Vladimir Putin comentou na terça-feira passada que muitas vezes lhe perguntam se é possível agir mais rápido.

“Sim, pode. Depende da intensidade das operações. Mas a intensidade das operações de combate, infelizmente, leva a um aumento de baixas”, ressaltou.

Ele esclareceu que a prioridade é atingir os objetivos minimizando as perdas. “É por isso que vamos agir de forma rítmica e calma, seguindo o plano traçado desde o início pelo Estado-Maior” das Forças Armadas russas.

Explicou que o avanço das tropas até agora estava ligado à necessidade de conter as forças e destruir as infra-estruturas bélicas de Kiev de forma a criar condições para ações mais ativas de libertação do Donbass.

Putin enfatizou que o objetivo da operação é ajudar as pessoas que vivem naquele território, com ligação complicada com a Rússia, que foram submetidas a genocídio por oito anos.

mem/mml/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.