21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

PT-Brasil apresentou outras duas ações judiciais contra Bolsonaro

Brasil, PT, acciones, judiciakes, Bolsonaro

PT-Brasil apresentou outras duas ações judiciais contra Bolsonaro

Brasília, 15 abr (Prensa Latina) O Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil apresentou outras duas ações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por propaganda eleitoral extemporânea, promovida pelo presidente Jair Bolsonaro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Fontes próximas ao PT indicaram que a primeira denúncia se refere à participação da Sociedade Rural do Paraná e do deputado Filipe Barros para a organização de uma caravana no dia 8 de abril no sul do estado, com pedido de apoio de Bolsonaro. Uma segunda representação relata a presença do ex-capitão do Exército em um comboio de pessoas e motocicletas no Paraná, também no último final de semana.

Diante dos fatos, o PT pediu a condenação de Bolsonaro, da Sociedade Rural e de Barros ao pagamento de multa no valor máximo previsto em lei, tendo em vista a promoção do evento e/ou discurso voltado ao pedido explícito de votos, bem como a configuração da campanha eleitoral antecipada.

Em outra ação, o partido pede uma sanção para o ex-militar com o desembolso de um corretivo para a promoção das duas caravanas.

Um artigo da lei estabelece 16 de agosto do ano eleitoral como a data em que a propaganda é permitida. Ou seja, qualquer divulgação a favor dos candidatos em período anterior a essa data deve ser considerada intempestiva.

Anteriormente, o PT apresentou três ações ao TSE em face de uma nova campanha de difamação vulgarizada contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

São outdoors com conteúdo ofensivo que desrespeitam o disposto em dois artigos de resoluções judiciais, em que é proibida a publicidade por meio de banners de propaganda no período pré-campanha e no período eleitoral.

Uma das representações aponta para três cartazes na cidade de Divinópolis, no estado de Minas Gerais (sudeste), que mostram imagens do ex-governante.

A outra ação faz alusão à cidade de Rondonópolis, na divisão territorial do Mato Grosso (centro-oeste), e denuncia um movimento tão conservador que admitiu a instalação do outdoor, que publicou em suas redes sociais e convidou seus seguidores para uma suposta cerimônia de abertura.

Uma terceira ação insinua o patrocínio de cartazes promocionais na cidade de Imperatriz, no estado do Maranhão (nordeste).

De acordo com os advogados Eugenio Aragão e Cristiano Zanin, que assinaram as denúncias, “se um possível candidato ou pré-candidato utilizar dispositivos publicitários em período anterior ao permitido por lei para promover sua candidatura, está burlando o regulamento eleitoral”.

Os juristas apontam que o conteúdo da mensagem veiculada representa uma violação dos direitos da personalidade de Lula, que até hoje lidera todas as pesquisas de opinião que antecedem a votação de outubro.

jha/ocs/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.