17 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rejeição europeia de recursos energéticos russo desestabiliza mercado

Putin, rechazo, recursos, energéticos, Rusia, desestabilización, mercado

Rejeição europeia de recursos energéticos russo desestabiliza mercado

Moscou, 14 abr (Prensa Latina) O presidente russo Vladimir Putin disse hoje que os países europeus estão desestabilizando ainda mais o mercado energético e aumentando os preços para seus cidadãos com seu discurso contra o uso de combustíveis russos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma reunião de videoconferência com as autoridades do setor sobre a situação energética nacional, ele apontou que os países da União Europeia (UE) estão até prontos para abandonar a Agenda Verde e retornar à energia com uma elevada pegada de carbono.

O presidente lembrou que este tipo de combustível era para ser completamente eliminado porque “eles o chamavam de arcaico e sujo”, disse ele, de acordo com o site oficial. Enfatizou que muitas forças políticas construíram suas campanhas eleitorais com base em mensagens que pediam a proteção ambiental. “Onde está tudo isso agora? Tudo foi simplesmente jogado na pilha de lixo, na prática eles agem de forma muito diferente”, disse ele.

Segundo o chefe de Estado, as tentativas dos países ocidentais de deslocar o fornecimento de energia da Rússia por alternativas inevitavelmente afetarão toda a economia mundial.

“As empresas russas de energia são participantes responsáveis do mercado mundial. Eles provaram seu valor através de décadas de trabalho e estrito cumprimento de suas obrigações”, advertiu ele.

Considerou que as consequências de tais medidas podem ser muito dolorosas, antes de tudo para os promotores de tais políticas e garantiu que não há uma substituição razoável do gás russo para a Europa no momento e que isso só será possível a longo prazo.

“Não há volumes gratuitos no mercado mundial e os fornecimentos de outros países, principalmente dos Estados Unidos, que podem ser enviados para a Europa, custarão muitas vezes mais aos consumidores, afetarão o padrão de vida das pessoas e a competitividade da economia europeia”, advertiu ele.

Putin salientou que o maior problema para a indústria energética russa está ligado à logística de exportação, que tem sido interrompida por sanções ocidentais.

Como tal, ele convidou os presentes na reunião a discutir planos de desenvolvimento a longo prazo para o setor de petróleo e gás e abordagens que ajudariam a resolver os desafios enfrentados pelas empresas do setor devido às medidas punitivas estrangeiras.

Peço-lhe que me diga separadamente que medidas estão sendo tomadas para ajustar as cadeias de abastecimento, para superar as dificuldades relacionadas ao aumento dos custos logísticos”, disse ele.

Também chamou a atenção para a inadimplência nas exportações de energia da Rússia. “Os bancos desses países hostis estão atrasando a transferência de pagamentos”, disse ele.

O presidente salientou que Moscou havia estabelecido o uso do rublo em tais transações comerciais e abandonado gradualmente o dólar e o euro.

“Já estão sendo dados passos importantes nessa direção, a tarefa principal é preparar nosso mercado de moedas para tal transição, para que qualquer moeda estrangeira possa ser trocada livremente e na medida necessária para os rublos”, enfatizou ele.

mgt/mml/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.