21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Afirmam que as redes sociais agravam o tráfico e o consumo de drogas

Afirmam que as redes sociais agravam o tráfico e o consumo de drogas

Havana, 12 abr (Prensa Latina) O funcionamento das plataformas de redes sociais digitais agrava o tráfico ilícito e o uso de drogas, disse hoje uma publicação do Ministério do Interior cubano (Minint).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Referiu que as redes sociais com um grande número de utilizadores, como o Facebook, são cada vez mais utilizadas como ferramenta para promover o uso de substâncias para fins não médicos.

O mais recente relatório do International Narcotics Control Board destacou que os jovens são a faixa etária com as maiores taxas de consumo de drogas no mundo, e que esses meios de comunicação na Internet oferecem novas oportunidades de compra de substâncias ilícitas.

A publicação no site do MININT destacou que o tráfico ilegal dessas substâncias químicas e seu consumo indevido é um fenômeno global que ameaça a segurança internacional, e nenhum país está isento disso.

Enquanto isso, pesquisas da American Psychological Association apontaram que o uso quase viciante das redes sociais ativa substâncias químicas no cérebro que são as mesmas regiões associadas ao vício em substâncias ilícitas.

O documento especificava que os Estados Unidos são o principal mercado de consumo de drogas e registram o maior número de mortes por overdose de sua história, com mais de 100 mil óbitos entre abril de 2020 e o mesmo mês de 2021, a maioria devido à chamada epidemia de opiáceos.

mgt/ol/yaa/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.