26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Propõem no Uruguai amortecer os preços dos combustíveis

Propõem no Uruguai amortecer os preços dos combustíveis

Montevidéu, 11 abr (Prensa Latina) O Movimento de Participação Popular (MPP) do Uruguai, hoje, exortou ao amortecimento dos preços dos combustíveis devido à sua forte influência no aumento do custo da cesta básica de alimentos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A fim de mitigar o impacto da inflação na vida dos uruguaios, o setor da Frente Ampla (FA) liderado pelo ex-presidente José Mujica propôs 10 medidas possíveis.

Uma delas consiste na criação de um Fundo de Estabilização do Preço do Combustível, com recursos da Receita Geral sem afetar a rentabilidade da Ancap administrada pelo Estado, ou a regra do preço de paridade criada pela Lei de Considerações Urgentes (LUC).

O senador do MPP Charles Carrera argumentou que o Fundo de Estabilização é um instrumento de previsão que funciona como um mecanismo contracíclico de preços de petróleo que libera recursos para conter as mudanças na tarifa quando o valor do petróleo bruto aumenta.

Ele acrescentou que outra possibilidade é financiá-la com o que resta do Fundo de Estabilização de Energia, que foi criado durante os governos da FA para reduzir o impacto negativo dos déficits de água na situação da UTE antes da mudança da matriz elétrica e para limitar as importações de eletricidade.

Mas a LUC definiu que este fundo remanescente deveria ser destinado a obras de infraestrutura e o MPP apontou como opção que deveria ser redirecionado e incluído na lei orçamentária a ser considerada em meados do ano.

rgh/hr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.