17 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Presidenta da oposição do Parlamento reconhece a distorção no Peru

Presidenta da oposição do Parlamento reconhece a distorção no Peru

Lima, 11 abr (Prensa Latina) A presidente do Congresso Peruano, Maricarmen Alva, reconheceu hoje que foi um erro ter incluído produtos de luxo em uma lei de isenção de impostos para alimentos básicos, quando ela modificou a lei apresentada pelo governo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O político conservador, que foi identificado como o autor da distorção do projeto de lei que procurava aliviar os aumentos de preços de alguns bens de consumo de massa, reagiu irritado aparentemente pelas inúmeras críticas e zombarias que recebeu na Internet.

O texto do executivo foi modificado para ampliar a medida, que incluiu produtos como cortes especiais de carne, faisão, massas e outros fora da cesta de subsistência da família.

Alva argumentou que a modificação não mencionava os produtos, mas estendia o benefício a alguns produtos específicos, como o frango, a outros similares, que incluíam produtos de luxo como carnes de ganso e de galinha-pintada.

Disse que quando a legislatura discutiu a questão, um funcionário do Ministério da Economia e Finanças estava presente e não se opôs, embora seus críticos atribuam isso a uma obsessão de modificar as contas oficiais para ficar com os créditos por elas.

Acrescentou que o Congresso está disposto a corrigir o erro hoje, para o qual ela convocou o chefe daquela pasta, Oscar Graham, que optou por lhe enviar as observações sobre a lei.

O chefe da legislatura atacou o Primeiro Ministro, Aníbal Torres, que ontem revelou e criticou a modificação, advertiu que ela afetará seriamente a receita tributária e exigiu que ela fosse corrigida com a colaboração do Ministério da Economia.

Argumentou que Torres alegadamente quer distrair a atenção dos problemas que enfrenta e advertiu que está em seus últimos dias no cargo, o que poderia significar que será censurado pelo Parlamento, onde uma moção para questioná-lo está circulando há dias.

Se a interpelação terminasse com a censura a Torres, isso levaria a sua demissão e a de todo o gabinete, o que exacerbaria a crise política no Peru.

rgh/mrs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.