26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Sanções contra a Rússia também afetam Airbus

Airbus-A350-300x200

Sanções contra a Rússia também afetam Airbus

Paris, 10 abr (Prensa Latina) As sanções impostas pelo Ocidente à Rússia diante do conflito na Ucrânia também afetam o gigante europeu da indústria aeronáutica Airbus, cujas vendas caíram no primeiro trimestre, publicou hoje um semanário francês.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a reportagem do Journal du Dimanche, a transportadora de bandeira russa Aeroflot solicitou 22 novas aeronaves ao fabricante e concorrente da empresa norte-americana Boeing, das quais recebeu apenas seis.

Dois outros aviões já deixaram a linha de montagem na cidade de Toulouse, no sul da França, mas devido a sanções não podem ser enviados para a gigante eurasiana.

Citada pelo semanário, a Airbus reconheceu que não pode enviar as duas aeronaves para a Rússia, que estão localizadas no aeródromo de Chateauroux.

A empresa líder do setor vendeu 140 aeronaves até agora este ano, 63 desses dispositivos em março, menos do que os entregues no mesmo período de 2021.

Desde o início do conflito na Ucrânia, no final de fevereiro passado, a União Européia impôs cinco pacotes de sanções à Rússia, que enquadraram sua operação militar contra Kiev na proteção das autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk contra as agressões que sofrem.

Moscou também acusou o Ocidente, liderado pelos Estados Unidos, de usar a Ucrânia como ponta de lança de um esforço renovado para expandir a presença da Otan na Europa Oriental, uma relíquia da Guerra Fria.

Em sua publicação, o Le Journal du Dimanche destacou que em fevereiro de 2020, a Aeroflot recebeu o primeiro A350-900, aeronave dedicada a destinos como Miami, Londres e Tóquio devido à sua capacidade de mais de 300 passageiros e motores que proporcionam notável economia de combustível.

Na sexta-feira, a United Aircraft Corporation (UAC) da Rússia anunciou seu objetivo de aumentar a produção da aeronave comercial MS-21, um jato duplo com até 165 assentos, embora sua versão MS-21-400 possa acomodar 250 passageiros.

De acordo com o diretor geral da UAC, Yuri Sliúsar, a empresa também pretende aumentar a produção do Superjet 100, avião menor, ideal para voos regionais, fabricado pela Sukhoi Civil Aircraft Company.

mem/wmr/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.