24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

População do Chifre da África ameaçada de fome devido à seca

População do Chifre da África ameaçada de fome devido à seca

População do Chifre da África ameaçada de fome devido à seca

Nações Unidas, 9 abr (Prensa Latina) Mais de 15 milhões de pessoas podem sofrer fome até meados deste ano devido à grave situação humanitária gerada pela seca no Chifre da África, disse hoje uma agência da ONU.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) alertou que, se as medidas não forem adotadas, a crescente insegurança alimentar e o deslocamento cada vez mais generalizado serão iminentes, o que geraria uma deterioração em larga escala nos próximos meses.

O Chifre da África enfrenta a pior seca em décadas e já acumulou inúmeras estações chuvosas fracassadas, fenômeno que se soma aos conflitos, à insegurança, às condições climáticas extremas, à praga dos gafanhotos do deserto e ao impacto da crise socioeconômica causada pela a pandemia de Covid-19.

Segundo a OIM, 3,5 milhões das pessoas em maior risco vivem no Quênia, sete milhões na Somália e outros sete milhões na Etiópia, nações nas quais as comunidades rurais dependem dos recursos naturais muito afetados pela dessecação dos pontos de água que deixa a população sem meios de subsistência.

Milhares de hectares de plantações foram destruídos e só no Quênia 1,4 milhão de cabeças de gado morreram no ano passado, uma situação que está levando dezenas de milhares de famílias a deixar suas comunidades em busca de comida, água e pastagens.

Dados da OIM indicam que a seca mais aguda dos últimos 40 anos na Somália provocou o deslocamento de 2,9 milhões de pessoas, e estima-se que um milhão seguirá em breve esse caminho devido à gravidade da situação que levou o Governo a declarar o estado de emergência em novembro de 2021.

Segundo o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários, a seca devastou a vida e os meios de subsistência de oito milhões de pessoas na Etiópia, especialmente nas regiões do sudoeste, onde a falta de líquidos preciosos e alimentos matou pelo menos 1,5 milhão de cabeças de gado.

Para a OIM, as necessidades da população excedem as capacidades de assistência, pelo que é urgentemente necessário financiamento adicional para salvar vidas, restabelecer os meios de subsistência, prevenir novos deslocamentos e reduzir emergências a longo prazo.

mem/crc/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.