28 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia destaca disposição de aprofundar cooperação com Cuba

Rússia destaca disposição de aprofundar cooperação com Cuba

Moscou, 6 abr (Prensa Latina) O diretor do Departamento de América Latina do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Alexandr Schetinin, destacou o interesse de seu país em aprofundar a cooperação estratégica com Cuba, disse hoje a imprensa local.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Vamos fortalecer a parceria estratégica russo-cubana no cenário mundial, promovendo a cooperação comercial e econômica, fornecendo assistência humanitária e fortalecendo os contatos entre as pessoas”, disse ele à agência de notícias Sputnik.

O responsável da chancelaria chamou a atenção para o fato de que em sua relação com Havana, Moscou dá atenção prioritária aos setores de transporte, energia, metalurgia, agricultura e turismo.

Ele lembrou que a cooperação entre os dois países tem “uma longa história”, baseada em “companheirismo e apoio mútuo”. Eles têm relações de verdadeiros amigos e parceiros estratégicos, ressaltou.

Sobre o bloqueio econômico, comercial e financeiro dos Estados Unidos contra a ilha caribenha, Schetinin denunciou que tais medidas são um exemplo de “hipocrisia e duplicidade de política externa” de Washington que tenta construir o mundo “segundo seus modelos”.

Entrevistado nos últimos dias pela agência de notícias Prensa Latina e pelo canal Telesur, ele mencionou que existe um grupo de países que pretende construir o mundo segundo suas próprias regras e tornar os assuntos internacionais reféns de suas considerações e interesses políticos internos.

Segundo o representante do Ministério das Relações Exteriores, as ações do Ocidente refletem a impossibilidade de convencer alguém de que sua política é justa e que não está isolada da comunidade internacional.

Ele alertou que o custo do bloqueio está em um beco sem saída se for aplicado contra um país que é menor em termos de território, população e potencial econômico, mas “muito mais forte pelo espírito de seu povo, por seu patriotismo inabalável e por causa do entendimento que tem uma causa justa diante de si, que tem uma causa justa a frente”.

“Lamentamos muito que o que era considerado um reduto da Guerra Fria tenha se tornado uma prática dos políticos estadunidenses de hoje”, disse.

Ele ressaltou que, aparentemente, é difícil para Washington pensar em termos que não sejam sanções, restrições unilaterais e pressões ilegítimas em relação aos Estados que aspiram a uma política independente e autônoma.

Assegurou que por isso Moscou consolidará sua associação estratégica com a nação antilhana no cenário internacional, na promoção da cooperação econômica e comercial, na assistência humanitária e no fortalecimento dos laços entre os dois povos.

“E, claro, nossa retumbante e categórica condenação ao bloqueio econômico, comercial e financeiro contra Cuba na tribuna das Nações Unidas será invariável”, enfatizou. oda/mml/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.