21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Etiópia saúda acordo de unificação do comando do Sudão do Sul

sudanSur-ejercito-324x216

Etiópia saúda acordo de unificação do comando do Sudão do Sul

Adis Abeba, 4 abr (Prensa Latina) O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, elogiou hoje o pacto alcançado entre os líderes rivais do Sudão do Sul, em virtude do qual será criado em breve um comando unificado das forças armadas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Descrito como um passo importante para acabar com a guerra civil, o presidente Salva Kiir Mayardit e o vice-presidente Riek Machar concordaram ontem em criar um comando unido, que acelerará o envio de forças para proteger o povo e a integridade nacional.

“Congratulamo-nos com o importante acordo alcançado pelo presidente Salva Kiir e pelo vice-presidente Riek Machar”, disse o primeiro-ministro etíope.

A Etiópia, enfatizou, é solidária com o Sudão do Sul e continua pronta para apoiar os esforços para a paz e o desenvolvimento duradouros.

Recentemente, o ministro da Defesa da Etiópia, Abraham Belay, assegurou que uma das suas prioridades na política internacional é apoiar a implementação do Acordo de Paz no Sudão do Sul.

Belay, que liderava uma delegação do governo a Juba, fez a declaração em uma reunião com Kiir Mayardit, a quem entregou uma mensagem de Ahmed.

Kiir Mayardit agradeceu a posição etíope de apoiar os esforços de paz e estabilidade, “agora articulados com a iniciativa do primeiro-ministro de enviar uma delegação à nossa nação”.

A representação etíope também manteve reuniões com o primeiro vice-presidente, Riek Machar, o conselheiro de segurança da presidência, Tat Gatluak, e a ministra da Defesa, Angelina Teny.

O acordo assinado no Sudão do Sul, mediado pelo vice-presidente do Conselho Soberano do Sudão, Mohamed Hamdan Dagalo, reduziu a tensão nacional criada após a retirada de Riek Machar do mecanismo de segurança.

As partes estabeleceram como integrar os comandantes da oposição nas forças armadas, decidiram criar o comando unificado em uma semana e concordaram em graduar e implantar as forças unificadas em campos de treinamento em menos de dois meses.

mem/raj/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.