27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Campanha de vacinação contra sarampo e gripe começa no Brasil

Brasil-vacunacion-sarampion-gripe-300x200

Campanha de vacinação contra sarampo e gripe começa no Brasil

Brasília, 4 abr (Prensa Latina) O Ministério da Saúde inicia hoje no Brasil a campanha nacional de vacinação contra o sarampo e simultaneamente contra a gripe, como única forma de prevenir essas doenças virais de alto poder de transmissão.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assim, a partir desta segunda-feira e até 2 de maio, serão aplicadas as doses da primeira fase da inoculação antigripal, bem como nos profissionais de saúde.

Entre os dias 3 de maio e 3 de junho, serão administradas as porções de sarampo para crianças de seis meses a menos de cinco anos, com o segundo ciclo da cruzada contra a gripe.

A vacina trivalente contra a gripe utilizada pelo Sistema Único de Saúde é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B.

Segundo o infectologista Hemerson Luz, a questão do sarampo é complicada porque o vírus foi quase erradicado com boas campanhas, mas nos últimos anos o país voltou a registrar casos.

Ele especificou que tal cenário pode se tornar um problema se a imunização não atingir a maioria da população.

“O sarampo é altamente transmissível e se a cobertura for inferior a 90%, pode se espalhar. Há cidades do interior que não chegaram a 50%”, alertou.

As crianças brasileiras entre seis meses e menos de cinco anos somam 12,9 milhões e o desafio da carteira da Saúde é injetar pelo menos 95% desse segmento, ou seja, cerca de 12,3 milhões.

O objetivo é atualizar as doses ainda vencidas, além de proteger esse público contra a doença, considerando o risco de maior exposição nos serviços de saúde.

Como parte dessa estratégia, as vacinas tríplice viral e influenza serão ofertadas na mesma visita ao serviço de saúde.

O ministério destaca que a vacinação simultânea é uma atividade recomendada pelo Programa Nacional de Imunizações para reduzir oportunidades perdidas.

Hermerson Luz explicou que os pais não devem temer a vacina nem ficar atentos às notícias falsas sobre os medicamentos que estão circulando ultimamente, principalmente por conta da pandemia da Covid-19.

O infectologista reiterou que o medicamento é seguro e na última década evitou milhões de mortes.

“A vacina não está relacionada ao autismo e algumas pessoas acreditam que isso seja verdade. Até mesmo a cobertura vacinal contra a poliomielite diminuiu”, disse ele.

O Brasil entrou na lista de países com risco de ter casos de poliomielite porque a cobertura de vacinação também diminuiu.

“É de extrema importância que os pais responsáveis ​​levem seus filhos para serem vacinados porque o sarampo é uma doença potencialmente grave”, alertou o especialista.

rgh/ocs/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.