25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia abre corredor humanitário da cidade de Mariupol

Rússia abre corredor humanitário da cidade de Mariupol

Moscou, 3 abr (Prensa Latina) O exército russo abriu hoje um corredor humanitário da cidade de Mariupol, na região de Donetsk, até a cidade ucraniana de Berdyansk, às margens do Mar de Azov, para a evacuação de cidadãos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O chefe do Centro Nacional de Controle de Defesa da Rússia, coronel-general Mikhail Mizintsev, informou que as tropas russas garantirão sua parcela de responsabilidade no cessar-fogo durante a transferência de civis entre as duas cidades.

Ele explicou que de Berdyansk, os cidadãos estrangeiros podem ser evacuados por qualquer rota humanitária, a mesma por terra para a República Russa da Crimeia ou para o território controlado pelo regime de Kiev, bem como por transporte marítimo para destinos selecionados.

Mizintsev observou que Moscou garantirá que os navios envolvidos na evacuação entrem e saiam do porto de Berdyansk de acordo com as normas do direito marítimo internacional.

Recordou que o presidente turco, Tayyip Erdogan, pediu apoio ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, para a saída de cidadãos estrangeiros da cidade de Mariupol, onde estão reféns das brigadas ultranacionalistas ucranianas.

Segundo o coronel-general russo, seu país está trabalhando de forma coordenada para evacuar civis e estrangeiros das zonas de perigo da Ucrânia.

“Para isso, interagimos continuamente com a Organização das Nações Unidas, a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), o Comitê Internacional da Cruz Vermelha e outras organizações internacionais”, assegurou.

Mizintsev destacou que a Rússia não ignora iniciativas humanitárias vindas de outros países e organizações internacionais.

Por sua vez, o ministro turco de Defesa Nacional, Hulusi Akar, declarou no dia anterior que Ancara está disposta a fornecer apoio do mar para evacuar civis, bem como feridos turcos e outros países de Mariupol.

A Rússia iniciou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro, depois que as autoridades das auto proclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk solicitaram ajuda para repelir o aumento da agressão e os intensos bombardeios de Kiev.

Anteriormente, Moscou reconheceu a independência e soberania de ambos os territórios e assinou tratados de amizade, cooperação e assistência mútua com seus líderes, que incluíam o estabelecimento de relações diplomáticas e ajuda militar.

Em seu discurso para informar sobre o início da operação, o presidente russo Vladimir Putin afirmou que o objetivo é proteger a população de Donbass dos abusos e genocídio de Kiev durante os últimos oito anos, além de “desmilitarizar” e “desnazificar” a Ucrânia.

mem/mml/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.