26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

China qualifica OTAN de produto da Guerra Fria

China qualifica OTAN de produto da Guerra Fria

Beijing, 01 abr (Prensa Latina) A China considerou hoje que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) é "um produto da guerra fria" e convocou-a a refletir sobre seu papel na crise Rússia-Ucrânia e na segurança da Europa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, disse a repórteres que a aliança deveria ser dissolvida após a queda da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, já que nem o mundo nem o chamado Velho Continente precisam agora de mais hostilidades.

Como ele lembrou, no início da década de 1990, o então secretário de Estado dos EUA, James Baker, prometeu ao ex-presidente russo Mikhail Gorbachev que a OTAN não se expandiria um centímetro para o leste.

Mas desde 1999, acrescentou, Washington realizou cinco expansões da OTAN para o leste e o número de países membros do bloco aumentou de 16 para 30.

Zhao também culpou os Estados Unidos por serem “o maior promotor da crise na Ucrânia” porque a OTAN “avançou mais de mil quilômetros em direção à fronteira russa, passo a passo, e assim encurralou a Rússia”.

Desde o início do conflito, a China está disposta a desempenhar um papel construtivo na promoção das negociações entre Moscou e Kiev para encerrá-lo o mais rápido possível e evitar um grande problema humanitário.

Beijing também deplorou as constantes críticas dos Estados Unidos por não se juntarem ao Ocidente na imposição de sanções à Rússia, a ânsia de minar seus laços com Moscou e até ameaças de punir cidadãos e empresas nacionais.

De acordo com suas autoridades, a China sempre adotou uma atitude objetiva e justa, fez seus julgamentos independentes com base no assunto em questão e desempenhou um papel construtivo nas negociações de paz.

Eles reiteraram sua oposição às sanções devido ao seu efeito contraproducente, alertando que elas só levarão a perdas econômicas em múltiplas direções e também atrapalharão o processo político para resolver a questão.

rgh/ymr/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.