26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Tentativa de tirar Castillo fracassou no Peru

Pedro-Castillo-3-300x169

Tentativa de tirar Castillo fracassou no Peru

Lima, 29 mar (Prensa Latina) Uma moção parlamentar que buscava destituir o presidente Pedro Castillo falhou hoje, sendo rejeitada pelo Parlamento peruano por 73 votos a 55 a favor da medida.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A votação culminou em uma exaustiva sessão de mais de 12 horas, com discursos em que cada parlamentar estabeleceu sua posição e momentos de tensão foram registrados no calor da polêmica.

A mesa final registrou 55 votos a favor da destituiçãoe 73 em desacordo com ela, uma maioria que se divide em 54 votos contra e 19 abstenções.

Desde o início dos discursos, ouviu-se constantemente a certeza dos opositores da destituição, de que essa medida não garante uma solução para a crise contínua que está prestes a completar seis anos, para a qual de forma alguma chegaria dois terços dos votos necessários à sua aprovação.

A insuficiência de votos foi reconhecida pelos oradores do lado da destituição que, junto com seus ataques a Castillo, lamentaram antecipadamente o resultado adverso.

Após o resultado, o presidente transmitiu uma breve mensagem na qual saudou “o bom senso, a responsabilidade e a democracia têm prevalecido”.

“Reconheço os parlamentares que votaram contra a destituição e respeito a decisão de quem o fez. Convido a todos a fecharem esta página e trabalharmos juntos pelos grandes desafios do país”, acrescentou.

O presidente esclareceu dúvidas sobre sua presença na sessão crucial, ao comparecer e proferir um breve discurso em que desqualificou os 20 argumentos contidos na moção de vacância, qualificando-os como declarações sem comprovação ou sob investigação, citações da imprensa e acusações descartadas pelo próprio Parlamento na primeira tentativa de o destituir.

Após seu discurso, deixou o palácio legislativo e seu advogado, José Félix Palomino, que refutou detalhadamente as acusações de corrupção e outras invocadas pela moção.

Após a sessão, seis ministros que participaram da sessão e não intervieram, saudaram o resultado como um triunfo da democracia e pediram acordo e trabalho conjunto entre Executivo e Legislativo para enfrentar os problemas do país.

O porta-voz da bancada do partido no poder, Peru Libre, Waldemar Cerrón, e os legisladores do grupo comemoraram em voz alta o fracasso da destituição e também pediram um acordo.

O principal promotor da nova tentativa de destituição -a primeira moção falhou em dezembro-, Jorge Montoya, disse que o bloco do qual faz parte vai investigar os motivos dos 19 que votaram na abstenção, ressaltou que os votos para seu cargo aumentaram, o que refletiu a percepção de que haverá uma nova tentativa de defenestrar Castillo.

acl/sra/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.