24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Apresentarão provas sobre criminoso ligado à direita venezuelana

Apresentarão provas sobre criminoso ligado à direita venezuelana

Caracas, 18 mar (Prensa Latina) O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Jorge Rodríguez, anunciou que hoje apresentará provas sobre a ligação entre a extrema direita e o narcotraficante Biaggio Benito Garofalo, detido na Colômbia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Fique atento porque vamos mostrar algumas coisinhas sobre essa podridão que continua, algumas fotos e algumas conversas de WhatsApp. Não lhe parece estranho que eles acabaram de capturar um notório traficante de drogas que tem um código vermelho da Interpol e a mídia está quietinha?”, relatou o deputado no dia anterior.

O criminoso ítalo-venezuelano, procurado pela Interpol, é conhecido por sua relação próxima com adversários venezuelanos como Henrique Capriles, Juan Guaidó e Ismael García.

Garofalo, 49 anos, é procurado pela Espanha por fazer parte de uma organização criminosa que contrabandeava drogas para aquele país europeu e foi detido pelas autoridades de imigração colombianas na cidade de Cartagena, no departamento de Bolívar.

Quando solicitado, ele se identificou, inicialmente, com seu passaporte italiano e, posteriormente, buscando burlar as exigências contra ele, apresentou um cartão de cidadania venezuelana.

Mas as verificações realizadas permitiram estabelecer não só que o homem tinha entrado irregularmente no departamento de La Guajira, mas também que era a mesma pessoa procurada pelas autoridades espanholas, através de uma circular vermelha da Interpol.

Gráficos divulgados pelo blog investigativo La Tabla, mostram as ligações do narcotráfico com o ex-deputado Guaidó, com militantes do partido Voluntad Popular e o ex-parlamentar Marco Aurelio Quiñones.

As fotografias mostram a participação ativa do criminoso em atividades políticas da direita, entre as quais também se destaca Roland Carreño, preso em 2020 pelos supostos crimes de financiamento do terrorismo, conspiração contra a forma política e tráfico ilícito de armas de guerra.

Outra figura neste caso é a ex-procuradora e fugitiva da justiça Luisa Ortega Díaz, que em 2015 evitou a extradição do sujeito para a Espanha, solicitada pela introdução de 350 quilos de cocaína através da empresa Top Fruit Group SL.

jha/ycv/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.