27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Pedem à ONU que defenda os direitos das meninas e mulheres afegãs

Pedem à ONU que defenda os direitos das meninas e mulheres afegãs

Nações Unidas, 16 mar (Prensa Latina) Mecanismos internacionais devem ser mais eficazes para defender os direitos humanos de mulheres e meninas no Afeganistão, em meio à complexa situação que o país vive hoje, destacaram na ONU.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Isso foi expresso em sua conta oficial no Twitter pela diretora executiva da ONU Mulheres, Sima Bahous, que se reuniu no dia anterior com especialistas afegãos para discutir esse e outros assuntos.

Esta reunião foi realizada no âmbito da Comissão da Situação Jurídica e Social da Mulher, que decorre de 14 a 25 de março na ONU.

As autoridades da organização multilateral pediram repetidamente ao movimento talibã que reconheça e proteja os direitos humanos fundamentais das pessoas e, em particular, os das mulheres e meninas.

“Nenhum país pode prosperar negando os direitos de metade de sua população. As mulheres e meninas do Afeganistão devem ter acesso a todas as oportunidades de educação e emprego, saúde e outros serviços essenciais”, disse no início deste ano o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

No futuro, ela enfatizou, também é essencial que tudo seja feito para construir instituições governamentais inclusivas nas quais todos os afegãos se sintam representados.

Após a saída intempestiva das forças dos Estados Unidos, após cerca de 20 anos de ocupação militar, e o retorno ao poder do movimento Talibã em agosto de 2021, a crise no Afeganistão se agravou.

Milhões de pessoas foram deslocadas ou fugiram do território, e ocorreram retrocessos em questões como a igualdade de gênero, já que muitas mulheres agora não têm a chance de trabalhar ou frequentar a escola.

Além disso, as Nações Unidas registraram várias denúncias de desaparecimentos de ativistas afegãos, bem como de mulheres naquele país que têm negado o direito de acesso à educação ou ao trabalho, entre outras arbitrariedades relacionadas à sua participação na vida pública.

rgh/ifb/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.