25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

China exige responsabilidade dos EUA e aclara atividades biomilitares

China exige responsabilidade dos EUA e aclara atividades biomilitares

Beijing, 16 mar (Prensa Latina) A China exigiu hoje que os Estados Unidos demonstrem responsabilidade, deem explicações completas sobre suas atividades biomilitares e deixem de se opor ao estabelecimento de um regime de verificação internacional na Convenção sobre Armas Biológicas (CABT).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Zhao Lijian disse que a comunidade internacional tem sérias preocupações sobre a incursão de Washington no campo e a existência de pelo menos 336 de seus laboratórios em 30 países.

“Os Estados Unidos têm a obrigação de respeitar a BTWC e esclarecer o que está fazendo (…) Durante décadas acusou outras nações de não cumprirem os acordos e exigiu que elas concordassem em ser verificadas, o que levou ao início das operações militares e à imposição de sanções”, disse ele em uma coletiva de imprensa.

De acordo com Zhao, permitir uma inspeção ajudaria a Casa Branca a recuperar a confiança do mundo e, ao mesmo tempo, melhorar a biossegurança global.

Também acreditava que agora há uma oportunidade de reiniciar o processo de negociação para estabelecer um mecanismo de monitoramento nesta área.

Por outro lado, o funcionário reiterou a posição do gigante asiático a favor de uma solução pacífica e negociada para o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, a rejeição de sanções e advertiu Washington para não prejudicar os interesses de Beijing, não se aliando às medidas punitivas do Ocidente contra Moscou.

Afirmou que, por intimidação e intimidação, os EUA estão demonstrando sua mentalidade de Guerra Fria, confrontação e abuso de sua posição de poder.

Também denunciou a desinformação sobre os esforços da China para promover uma solução política para a crise, negou qualquer coordenação com a Rússia no lançamento da operação militar na Ucrânia e insistiu em apoiar a criação de um sistema de segurança eficaz, sustentável e equilibrado em toda a Europa.

jcm/ymr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.