21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

São exigidas uma solução para a crise em um hospital guatemalteco

São exigidas uma solução para a crise em um hospital guatemalteco

Guatemala, 3 de mar (Prensa Latina) Compras urgentes de medicamentos e equipamentos básicos figuram hoje entre as demandas feitas ao governo por médicos do Hospital Geral San Juan de Dios, na Guatemala.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em carta aberta ao presidente Alejandro Giammattei, os profissionais de saúde ficaram “muito decepcionados e frustrados com o histórico abandono do sistema de saúde pelos diversos governantes no poder”

“Um dos principais problemas é a falta de medicamentos básicos para tratar pacientes com doenças comuns, raras, fáceis, difíceis e de todo tipo”, diz o texto aprovado em assembleia de profissionais e em que pedem aprovação ao Chefe de Estado de um Decreto Presidencial chamado “Zero Nunca Mais”.

Nas últimas semanas, o problema de abastecimento em San Juan De Dios se agravou a ponto de afetar diretamente a população que vem com a esperança de ter um tratamento digno, afirma o documento.

“Tentamos ser ouvidos em diferentes níveis, mas não encontramos soluções que satisfaçam as constantes reclamações da população”, detalha a nota na parte intitulada Antecedentes.

De acordo com os médicos, é uma tradição que as famílias dos pacientes têm que gastar dinheiro com suprimentos hospitalares, e infelizmente muitos não têm o poder de compra para cobrir essas despesas.

“Consideramos que somos a voz de tantos pacientes indefesos que perderam não apenas a saúde, mas também a capacidade de reivindicar seus direitos”, apontam na carta.

Entre os pedidos a Giammattei está a possibilidade de ter um escritório na próxima sexta-feira na Casa Presidencial, onde, dizem, “irão com a maior das esperanças de mostrar que a Guatemala pode almejar ser um país justo, justo e onde respeite uns aos outros” direitos humanos”.

O sindicato dos profissionais de saúde ainda delineia o teor do suposto Decreto, que visa garantir a existência permanente de todos os medicamentos da lista básica e um plano de melhorias na infraestrutura atual do centro e a manutenção preventiva e corretiva dos diversos equipamentos, bem como a compra de inexistentes.

As demandas ao presidente acontecem em um momento de crise em outro hospital geral do país, o Roosevelt, onde grupos de médicos bloquearam várias avenidas no dia anterior em protesto pelo não pagamento de salários desde janeiro.

Embora o Ministério da Saúde tenha anunciado que o problema técnico com as folhas de pagamento já foi resolvido e serão pagos hoje, está circulando um chamado para novos bloqueios em quatro importantes avenidas desta capital até que a promessa seja cumprida.

jf/mmc / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.