21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Justiça dos EUA mantém o sigilo sobre os centros de tortura da CIA

EEUU, CIA, secreto, centros, tortura, denuncia

Justiça dos EUA mantém o sigilo sobre os centros de tortura da CIA

Washington, 3 mar (Prensa Latina) A Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitou hoje uma ação judicial de um preso da prisão de Guantanamo, localizada em território ocupado no sudeste de Cuba, sobre sua tortura, com o argumento de que a informação é secreta.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A decisão de quinta-feira diz respeito ao caso de Abu Zubaydah, que foi feito prisioneiro em 2002 por suspeita de pertencer à rede Al Qaeda e agora procurou usar dois ex-empreiteiros da Central Intelligence Agency (CIA) como testemunhas de sua tortura em um centro de detenção clandestino na Polônia.

Embora a investigação de Zubaydah seja baseada no que supostamente aconteceu com ele antes de ser levado para Guantánamo em 2006, é uma ilustração das ações da CIA em tais lugares, que são conhecidos como locais negros.

O réu foi submerso, colocado em uma pequena caixa, batido contra as paredes e privado de sono por dias, de acordo com um relatório do Senado que confirmou o uso de tais técnicas em 2014.

Apesar das atrocidades narradas, os juízes dividiram 6-3 e argumentaram para manter a informação em segredo.

O Tribunal não apoia o terrorismo ou a tortura, mas neste caso temos que responder a uma pergunta limitada sobre a existência ou não de uma prisão da CIA na Polônia e se isto constitui um segredo de Estado.

De acordo com a mais alta corte dos EUA, confirmar publicamente a existência de tal site pode impedir que os serviços de inteligência de outros países cooperem no futuro.

O Ministro Stephen G. Breyer admitiu que a localização do centro clandestino havia sido reconhecida por um tribunal internacional e um ex-presidente da Polônia, mas considerou a confirmação oficial pelo governo dos EUA como um assunto diferente.

Enquanto o Tribunal rejeitou o pedido de Zubaydah de evitar confirmar a existência de um centro de tortura na Polônia, sabe-se publicamente que o enclave militar no leste de Cuba, ocupado contra a vontade do povo e do governo da ilha, é o local dos abusos contra os prisioneiros.

msm/avr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.