26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Concentração de riqueza se aprofunda no Uruguai

concentracao-de-riqueza-se-aprofunda-no-uruguai

Concentração de riqueza se aprofunda no Uruguai

Montevidéu, 2 mar (Prensa Latina) A Associação dos Bancários do Uruguai (AEBU) afirmou hoje que os depósitos em contas atingiram recordes em 2021, e a concentração de riqueza no país se aprofunda.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um relatório da sua Comissão Técnica Consultiva constatou que metade deste crescimento total corresponde a detentores de mais de um quarto de milhão de dólares e se somados aqueles com mais de 100 mil dólares representam 70 por cento dos depósitos.

Segundo dados oficiais do Banco Central do Uruguai (BCU), a economia do país está crescendo e começando a se recuperar da crise causada pela pandemia.

Mas, ao mesmo tempo, dados do Instituto Nacional de Estatística indicam que o rendimento médio dos agregados familiares registou uma queda superior à do Produto Interno Bruto em 2020 e a recuperação foi menor em 2021

Quando o ‘bolo’ encolheu em 2020 em seis por cento, a porção que chega às residências encolheu ainda mais, em sete por cento, e quando o bolo começou a crescer nos três trimestres de 2021, em mais de 4,2 a porção que chega às residências cresceu menos, com 3,6 por cento, ilustrou o relatório da comissão técnica.

A análise do sindicato indica que “os efeitos da inflação e da política de redução do poder de compra têm um impacto mais forte nos grupos de baixa renda, sem capacidade de poupar”.

Ele elaborou que os 20 por cento mais pobres da população têm uma renda que não é suficiente para cobrir todo o seu consumo mensal, são muito afetados pela inflação, sem poder de manobra.

Por outro lado, as famílias dos 20 por cento mais ricos da população gastam pouco mais de 70 por cento do seu rendimento no consumo mensal, pelo que a capacidade de poupança lhes permite enfrentar melhor o aumento dos preços, contrastou.

O BCU registrou depósitos de mais de seis bilhões de dólares nos dois anos da pandemia, que segundo economistas, vêm de exportadores, os principais beneficiários em meio à crise da saúde, que também transferem a maior parte de seus lucros para contas no exterior.

rgh/hr / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.