26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Esquerda no Brasil culpa os EUA e a OTAN pela crise na Ucrânia

esquerda-no-brasil-culpa-os-eua-e-a-otan-pela-crise-na-ucrania

Esquerda no Brasil culpa os EUA e a OTAN pela crise na Ucrânia

Brasília, 24 fev (Prensa Latina) Os partidos e líderes da esquerda no Brasil hoje culpam os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) pela crise entre a Rússia e a Ucrânia, noticiou a mídia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Apontaram a OTAN, uma aliança militar ocidental e norte-americana, como a grande responsável pela situação que levou à entrada das tropas russas na Ucrânia, de acordo com o diário Folha de São Paulo.

O jornal disse que representantes do Partido dos Trabalhadores (PT), do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) afirmam que o expansionismo do Ocidente criou este contexto de guerra.

No site de redes sociais Twitter, o líder do PT Luiz Inácio Lula da Silva

lamentou que no século XXI, os países continuem a resolver seus problemas no campo de batalha em vez de na mesa de negociações.

Enfatizou, em consonância com seu partido, que a resolução de conflitos na política internacional deve ser sempre buscada através do diálogo.

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, reagiu com descrença a uma publicação do presidente americano Joe Biden, segundo a Folha, perguntando-lhe se ele realmente acredita que seu país não teve nada a ver com o conflito depois que ele tentou fazer a Ucrânia aderir à OTAN.

A secretária de relações internacionais da PCdoB, Ana Prestes, também apontou diretamente para os Estados Unidos como um jogador-chave para minar qualquer possibilidade de uma solução diplomática para a crise.

Preferiram instigar e investir na beligerância através da OTAN, disse o militante comunista.

Desde o dia 14, o Fórum de São Paulo, que reúne vários partidos de esquerda latino-americanos, pediu em um comunicado o fim da agressão ocidental e americana contra a Rússia.

Hoje, em Moscou, o Ministro das Relações Exteriores russo Sergey Lavrov salientou que a Rússia continua aberta ao diálogo com todos os países em favor da justiça e do respeito aos princípios da Carta das Nações Unidas.

Lavrov disse que a operação militar lançada pelo Kremlin na Ucrânia tinha como objetivo “garantir a segurança do país e do povo russo”, de acordo com o site do serviço diplomático.

A Rússia lançou na quinta-feira uma operação militar na região autônoma de Donbass, na Ucrânia, após as autoridades das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL), cuja independência foi reconhecida por Moscou, terem pedido ajuda para repelir a agressão de Kiev (governo da Ucrânia).

mem/dla/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.