27 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Angola promove investimentos em conferência internacional de diamante

angola-promove-investimentos-em-conferencia-internacional-de-diamante

Angola promove investimentos em conferência internacional de diamante

Luanda, 21 fev (Prensa Latina) Angola apresentou hoje o potencial da sua indústria diamantífera para novos investimentos directos estrangeiros, num evento internacional que reúne as principais empresas mundiais do sector no Dubai, Emirados Árabes Unidos (EAU).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás disponibilizou à imprensa em Luanda a íntegra do discurso proferido segunda-feira pelo titular da entidade, Diamantino Azevedo, na sessão de abertura da reunião “Dubai Diamond Conference 2022”.

Depois de uma produção de 8,7 milhões de quilates em 2021, Angola espera atingir este ano os 10,1 milhões de quilates brutos, confirmou o ministro, que explicou as principais transformações do subsector no domínio jurídico, na formação da mão-de-obra e na modernização tecnológica.

Dotada de abundantes e diversificadas jazidas minerais, esta nação africana possui importantes reservas de pedras preciosas em depósitos primários (kimberlitos) e depósitos aluviais, sendo considerado o terceiro maior produtor do continente em volume de extração de diamantes, disse.

Nos últimos dois anos, informou, cerca de 90 por cento das exportações de diamantes do país foram destinadas ao mercado dos Emirados, num contexto de crescentes joint ventures, que incluem investimentos em energia, defesa, transportes, agricultura, banca e telecomunicações, entre outros galhos.

A este respeito, avaliou a visita do Presidente João Lourenço aos Emirados Árabes Unidos em Dezembro do ano passado, à luz, disse, do novo paradigma da diplomacia económica de Angola, centrado na captação de investimento estrangeiro.

Acevedo destacou em especial as atrações do Pólo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo (nordeste), cuja infraestrutura em expansão denota o esforço do Governo e o interesse de parceiros estrangeiros.

Conforme explicou, o Executivo privilegia o investimento estrangeiro em toda a cadeia de valor da indústria diamantífera e sobretudo na obra de lapidação e polimento de pedras no complexo de Saurimo, onde já funcionam três modernas fábricas.

Entre os principais projetos em curso, destacou ainda os preparativos para a abertura da bolsa angolana de diamantes ao longo de 2022.

As estimativas da empresa nacional do setor (Endiama) calculam um volume de negócios global de 1,42 mil milhões de dólares para 2022, conforme confirmou recentemente o presidente do Conselho de Administração da entidade, José Manuel Ganga Júnior.

Existem actualmente 39 projectos de prospecção diamantífera, 11 deles em depósitos primários e 28 em depósitos secundários, localizados nas províncias da Lunda Norte, Lunda Sur, Moxico, Malange, Cuanza Sur, Huambo e Bié, explicou o responsável.

As grandes fazendas ativas somam 13, enquanto as semi-industriais contam com 62 cooperativas em operação, embora em fases diferentes do negócio, explicou.

jf/mjm/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.