2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Palestinos intensificam protestos nas prisões israelenses

Palestinos intensificam protestos nas prisões israelenses

Palestinos intensificam protestos nas prisões israelenses

Ramallah, 12 fev (Prensa Latina) Prisioneiros palestinos nas cadeias israelenses intensificaram hoje seus protestos para denunciar as medidas punitivas tomadas contra eles e o descumprimento dos acordos alcançados com a Autoridade Prisional de Tel Aviv (IPS).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Como parte da campanha, os detentos fecharam várias seções de várias instalações no sábado e entrarão em greve de fome 24 horas na segunda-feira, informou a agência de notícias Al Quds.

O Comitê de Assuntos dos Prisioneiros e Ex-Prisioneiros Palestinos disse que a IPS enviou numerosos reforços nos últimos dias para suprimir a greve, temendo uma rebelião.

Desde setembro de 2021, as tensões nestas instalações aumentaram após a fuga de seis palestinos da prisão de segurança máxima do norte de Gilboa.

Embora tenham sido capturados após uma caça ao homem em massa, os funcionários de Tel Aviv aplicaram numerosas medidas punitivas contra os demais detentos, levando a confrontos e greves.

Embora acordos tenham sido alcançados mais tarde entre as partes, a decisão da IPS de renegá-los provocou uma nova onda de protestos há alguns dias.

Cerca de 4.500 palestinos estão presos em prisões israelenses, incluindo 180 menores e 32 mulheres, de acordo com dados atualizados divulgados ontem.

Do total, meio milhar são mantidos sob a política de detenção administrativa, disse o relatório da Comissão para Prisioneiros e Ex-prisioneiros, da Sociedade de Prisioneiros Palestinos, da Associação de Apoio e Direitos Humanos dos Prisioneiros Addameer e do Centro de Informação Wadi Hilweh.

Criticada pela ONU e grupos de direitos humanos, a chamada prisão administrativa é usada por Israel para prender palestinos por intervalos renováveis geralmente variando de três a seis meses, com base em provas não reveladas que até mesmo o advogado do réu está impedido de ver.

msm/rob/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.