19 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Preocupações por sinais do governo em favor de repressores

Preocupações por sinais do governo em favor de repressores

Montevidéu, 11 de fev (Prensa Latina) A Associação de Mães e Familiares de Detentos e Desaparecidos pela ditadura no Uruguai reafirmou hoje a preocupação com os sinais do governo de favorecer os condenados por crimes contra a humanidade.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Seu mais recente motivo de alarme foi a recepção do presidente da nação, Luis Lacalle Pou, a uma delegação que promove a transferência das prisões para a prisão domiciliar dos culpados de assassinatos e tortura durante os anos de 1973 a 1985 de terrorismo de Estado.

O porta-voz do grupo de enlutados, Ignacio Errandonea, denunciou a ampliação oficial da visita ao Gabinete Presidencial, por um grupo autoproclamado de “familiares de presos políticos” para alertar para uma suposta situação grave dos privados de liberdade “ilegitimamente.”

No entanto, todos eles foram devidamente autuados pela Justiça e estão em estabelecimento que tem reconhecidas condições ótimas de hospedagem e atendimento médico.

Errandonea lembrou que as agências das Nações Unidas declararam ao governo a obrigação de “julgar e sentenciar” e não aplicar medidas como prisão domiciliar.

“Não esqueçamos que eles estupraram, mataram, sequestraram, fizeram desaparecer pessoas, ou seja, teríamos que nos perguntar que crime eles não cometeram”, acrescentou.

Irmão de uma das 197 vítimas da ditadura cujo destino é desconhecido, ele rejeitou um projeto de lei do partido militar Cabildo Abierto, integrante da coalizão governista, para libertar maiores de 65 anos, beneficiando ex-repressores.

“Esses senhores, que estão presos, que dizem pobres velhos, muitos deles participaram do desaparecimento de nossos parentes e sabem onde estão e continuam a mantê-los sequestrados”, afirmou sobre “um crime que cometem hoje”, afirmou. disse.

Em 9 de dezembro, uma manifestação massiva em Montevidéu repudiou o referido projeto e centralizou a demanda por “memória, verdade e justiça”.

acl/hr/mmd

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.