29 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia e EUA retomam diálogo sobre garantias de segurança

Rússia e EUA retomam diálogo sobre garantias de segurança

Moscou, 21 jan (Prensa Latina) O Ministro das Relações Exteriores russo Sergey Lavrov e o Secretário de Estado estadunidense Antony Blinken se reunirão hoje em Genebra para continuar o diálogo sobre as garantias de segurança propostas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em 18 de janeiro, os dois funcionários discutiram a questão por telefone por iniciativa de Washington e concordaram em realizar uma reunião, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova.

No diálogo de terça-feira, o chefe da diplomacia russa reiterou o imperativo de Washington fornecer respostas concretas “escritas” e “ponto a ponto” ao rascunho de compromissos de segurança de Moscou o mais rápido possível.

Ele destacou que tais garantias se baseiam no princípio da indivisibilidade da segurança, que foi aprovado por todos os países euroatlânticos, membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Além disso, Lavrov solicitou a Blinken que não retorquisse especulações sobre uma “agressão russa” iminente contra a Ucrânia e o exortou a exigir que Kiev implementasse os acordos de Minsk.

Os representantes de Moscou e Washington trocaram informações sobre os resultados do diálogo entre as delegações dos dois países em 10 de janeiro em Genebra e o Conselho Rússia-OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), reunido em 12 de janeiro em Bruxelas.

Em 17 de dezembro, a Rússia divulgou dois projetos de possíveis acordos sobre compromissos de segurança jurídica a longo prazo com os EUA e a OTAN.

Entre outros pontos, a proposta afirma que a Rússia e os EUA concordariam em não utilizar o território de países terceiros para preparar ofensivas ou realizar ações armadas que afetem os interesses fundamentais de segurança da outra parte.

Ela exige a eliminação de toda a infraestrutura disponível para o uso de armas nucleares fora do território de ambas as nações e proíbe o treinamento de pessoal militar e civil de países não dotados de armas nucleares para seu uso.

“As partes não realizarão exercícios e treinamentos militares, incluindo o desenvolvimento de cenários militares para o uso de armas nucleares”, observa o documento.

Além disso, Moscou insta Washington a renunciar reciprocamente ao uso de armas nucleares fora de seu território nacional e a repatriar as já instaladas.

A demanda estabelece um compromisso mútuo de não expandir os mísseis terrestres de médio e curto alcance em outros países ou em áreas de seu território a partir das quais seria possível chegar à outra parte.

acl/mml/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.