28 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Previsão de fim do dividendo demográfico chinês por baixa natalidade

thumbs_b_c_95605a1dd6f01debfe7222042e51a62a-300x169

Previsão de fim do dividendo demográfico chinês por baixa natalidade

Beijing, 21 jan (Prensa Latina) Especialistas em China preveem hoje que o dividendo demográfico do país chegará ao fim em breve devido a uma combinação de uma baixa taxa de natalidade e um aumento do número de idosos, uma tendência que persistirá por vários anos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Song Jian, um acadêmico da Universidade Renmin, disse que o país asiático ainda desfruta das oportunidades deste indicador, que se refere ao potencial de crescimento econômico quando em uma população os indivíduos em idade de trabalhar (15 a 64 anos) superam aqueles em idade inativa (abaixo de 14 e acima de 65 anos).

Mas ele advertiu sobre as mudanças no futuro próximo e a necessidade de se concentrar nos dividendos decorrentes de segmentos como as mulheres e os idosos. O debate sobre o dilema demográfico da China foi alimentado depois que se revelou que 10,62 milhões de bebês nasceram em 2021, a taxa de natalidade caiu pelo quinto ano consecutivo e ficou em 7,52 por 1.000 pessoas, a mais baixa desde a fundação do país como uma república.

Embora ainda seja o país mais populoso do mundo, no ano passado acrescentou apenas 480 milhões de cidadãos no continente, teve 10,14 milhões de mortes, sua faixa etária de trabalho (16-59 anos) caiu pelo décimo ano consecutivo e também registrou cinco milhões a menos de mulheres em idade fértil.

Embora se espere que o impacto socioeconômico seja severo, alguns especialistas argumentam que a China pode manter seu progresso econômico baseado em alta tecnologia. O governo, por sua vez, está procurando reverter a situação com mais flexibilidade na política de planejamento familiar e agora permite que os casais tenham até um terceiro filho.

Anunciou medidas econômicas e de bem-estar social para incentivar os nascimentos, deixou cair as multas para aqueles que trazem mais descendentes para o mundo do que o permitido, e não levará em conta os descendentes para o acesso à moradia, matrícula escolar ou candidaturas a empregos.

As autoridades prometeram melhorar e baixar o custo dos serviços públicos ligados à educação e cuidado das crianças e idosos, fortalecer a reprodução assistida, o cuidado pré e pós-natal e o acompanhamento de mulheres grávidas.

Enquanto isso, megacidades como Beijing, Shanghai e Guangzhou estão promovendo iniciativas como o banco de tempo, no qual os voluntários recebem crédito em troca do cuidado com os idosos.

acl/ymr/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.